T. Virtual VII-04 - Fine Line Between Genius & Insanity

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

T. Virtual VII-04 - Fine Line Between Genius & Insanity

Mensagem  Myriam Castro em Ter Set 09, 2008 8:58 pm







A Tênue Linha Entre o Gênio e a Insanidade

Texto original em inglês de Inara


"Não o poder para lembrar, mas o seu exato oposto, o poder para esquecer ... é uma condição para nossa existência".

Sholem Asch


"Harper desapareceu".
As palavras de Dylan fizeram Beka virar-se e olhar incredulamente para seu Capitão. Dylan esclareceu que havia enviado o jovem engenheiro para uma missão de investigação das atividades do seu velho conhecido Gerentex, pois aparentemente, a Inteligência da Comunidade havia conseguido informações de que o inescrupuloso Nightsider andava novamente pelas estrelas, à cata de quaisquer naves da Alta Guarda abandonadas, para "garimpar" seu armamento - especialmente as bombas Nova. E que tinha uma base de operações em um local chamado Minas 7.
Beka ficou furiosa com Dylan, pois não gostou nada de ele ter enviado Harper sozinho para tão perigosa empreitada.
E embora Dylan afirmasse que o engenheiro insistira em ir, e que ele saberia cuidar de si mesmo, não convenceu Beka. Como Rhade não conhecesse Gerentex, Dylan lhe fez uma "ficha" completa do tal sujeito, e o Nietzschean entendeu porque estavam tão apreensivos. A situação não era nada boa ...
Beka temia o que Gerentex pudesse fazer com Harper, se o pegasse bisbilhotando seus "negócios".
Olhando Dylan bem nos olhos, ela disse que era melhor que Harper retornasse inteiro ... e deu-lhe as costas. Voltando-se para a grande janela do Deck de Observação, Dylan perguntou de si para si: "Onde diabos está você, Sr. Harper?"
Subitamente, Andromeda recebeu um pedido para atracação, e todos foram apanhados de surpresa ... Dylan deixou o comando com Beka e correu para o hangar, e quando todos perceberam quem estava chegando, a nave já estava atracada.
Ao chegar lá, ele encontrou Trance, e lhe perguntou o que fazia ali, e ela respondeu que recebera um chamado para alguém que precisava de assistência médica.
Dylan ficou surpreso ao ver quem chegava. Saoirse! O coração dele quase parou, receoso de que houvesse algum problema com ela. Mas a alta figura que surgiu na entrada da comporta tirou-lhe a apreensão. Saoirse mal cumprimentou Dylan, também ela parecendo preocupada, e disse que era Harper.
Ela fez um breve relato: estava a caminho de Tarn Vedra, quando localizou o Slipfighter à deriva, completamente inoperante, e reconheceu como sendo da guarnição da Andromeda. Ela foi investigar, e, detectando sinais de vida a bordo, resolveu resgatar a pequena nave. Dylan quis saber como estava Harper. Saoirse deu de ombros, mas ele teve a impressão de que ela lhe escondia algo ... Ela suspirou, e disse que ele parecia confuso e febril, mas de resto, sem quaisquer outros ferimentos.
Dylan lhe agradeceu por ter feito o resgate, e tranquilizou-a, explicando que Trance cuidaria dele dali em diante. Harper estava consciente, e não queria ir para o Deck Médico, insistindo em que estava bem. Mas Dylan fez um sinal a Trance, que acomodou o engenheiro numa maca e o levou.


Última edição por Myriam Castro em Qui Nov 13, 2008 11:42 am, editado 1 vez(es)

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T. Virtual VII-04 - Fine Line Between Genius & Insanity

Mensagem  Myriam Castro em Ter Set 09, 2008 10:36 pm

Continuando ...

Depois que eles se foram, Dylan voltou-se para Saoirse, perguntando-lhe em voz suave se ela ia ficar por ali por enquanto. Ela disse que não podia, pois a esperavam em Tarn Vedra com uma carga de suprimentos para Nova Terra.
Ela ficaria bem ocupada nos próximos dias. Dylan fez uma carinha de desapontado, e despediu-se, dizendo que estava com muita saudade dela. Eles se abraçaram e demoraram em um longo beijo. Então ela retornou à sua nave para partir. Dylan pediu a Andromeda que abrisse as comportas, e logo a nave de Saoirse estava longe.
Mais tarde, Trance foi procurar Dylan, e o encontrou no Deck de Observação.
Ele perguntou-lhe como estava Harper e ela lhe respondeu que não conseguira concluir nada. Bem, Harper estava um pouco febril, sentia-se tonto e indisposto, mas, depois de examiná-lo, ela não encontrou quaisquer problemas orgânios nele. O que era muito estranho, já que a febre, por si só, já era sinal de que algo não ia bem.
Dylan ponderou que seria talvez melhor levá-lo a Tarn Vedra, para ser examinado com mais recursos, mas Trance replicou que ele não ia querer ir para lá. E que continuava insistindo que estava bem. Dylan lhe disse que ele iria, sim, se lhe desse uma ordem, e ela sugeriu que fosse conversar com o engenheiro. Quem sabe ele não se abriria, e poderiam esclarecer o mistério ...?
Harper resolvera se isolar em seus aposentos, e murmurava em voz lamentosa: "Deus me proteja! O que foi que eu fiz? ..." ele gemia, angustiado, como para si mesmo. "Estúpido! O que tinha na cabeça? Por que logo Saoirse? Dylan matará você!"
Então soou o bip da porta, e Harper, assustado, perguntou quem era.
A voz de Dylan se fez ouvir, chamando-o para conversar. Harper entrou em pânico ... será que Saoirse havia contado para ele ...? Ele pensou rapidamente em uma desculpa, e disse que estava muito cansado. Precisava dormir um pouco, e, mais tarde, poderiam conversar. Dylan então pediu que o encontrasse às 18:00 na Cantina. O Capitão franziu as sobrancelhas. Trance estava certa. Havia algo definitivamente errado com Harper.
Quando as portas da Cantina se abriram, alguns minutos além da hora marcada, Dylan respirou aliviado. Cuumprimentou Harper, e convidou-o a sentar-se à mesa. E passou a perguntar-lhe como tinha se saído na missão, se tinha conseguido alguma informação sobre as atividades de Gerentex. Ele não deixou de notar que Harper parecia um pouco tenso, mas não demonstrou que notara. Harper nervosamente esfregou a mão na nuca, olhando para tudo, menos para Dylan. Finalmente, após alguns segundos, ele respondeu que havia penetrado no sistema e conseguido baixar um arquivo - bastante extenso, por sinal - mas estava encriptado por algum tipo de senha.
Dylan ficou surpreso ... nunca antes Harper tivera qualquer dificuldade em desbloquear arquivos, e agora dizia que não conseguira abrir o que baixara. Ele conseguia "hackear" até mesmo os sistemas de Andromeda! ... Com que então ...
E por falar em Andromeda, Dylan sugeriu que ele tentasse interfacear com ela, pois talvez trabalhando juntos conseguissem acessar o arquivo. O comportamento de Harper estava pra lá de estranho ... ele estava deliberadamente evitando o olhar de Dylan, como se se sentisse culpado por alguma coisa, e, quando ele saiu da Cantina, Dylan seguiu-o com o olhar, uma expressão preocupada no rosto.

Harper inclinou a cabeça, fitando a vasta extensão do espaço lá fora ... observando a beleza das estrelas.
*** (Lembrança) *** Ela sussurrou-lhe ao ouvido como adorava compartilhar aquele lugar maravilhoso com ele ... e Harper estremeceu quando ela o acariciou. Eles estavam sentados na praia, observando o vasto oceano. As ondas murmuravam sua canção suave, e as aves marinhas grasnavam acima deles. Ele disse que também gostava daquele lugar ... sempre ia para lá, quando precisava descansar ou meditar. Ninguém a não ser ele o conhecia, e assim eles estavam seguros. A mulher concordou com ele, em achar o lugar simplesmente perfeito, e beijou-o.
Harper a abraçou, e logo eles estavam sofregamente entrelaçados, amando-se ardentemente sobre a areia. Depois de algum tempo, ela, aninhada contra o corpo dele, lhe agradeceu por mais aquele dia, e por exixtir na vida dela. Ao que ele, sorrindo, sussurrou: "Com sorte, teremos muitos outros dias como este daqui para frente, Saoirse ..." *** (Fim da lembrança) ***


Última edição por Myriam Castro em Qui Nov 13, 2008 11:43 am, editado 1 vez(es)

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T. Virtual VII-04 - Fine Line Between Genius & Insanity

Mensagem  Myriam Castro em Ter Set 09, 2008 11:03 pm

Continuando ...

Harper afastou-se da janela e olhou ao redor dos seus aposentos. Ele sabia que não podia esconder-se para sempre, mas naquele momento, ali parecia ser o lugar mais seguro. Pelo menos, Dylan não estaria avançando sobre ele, determinado a despedaçá-lo por dormir com a sua namorada.
"O que vou dizer a Dylan ...? - Ei, Dylan, Saoirse e eu ... passamos uma semana juntos - ele gemeu, aflito, perguntando-se o que aconteceria agora. Porque, se Dylan descobrisse que ele tinha dormido com Saoirse, ele o mataria e ninguém jamais encontraria seu corpo ...
Dylan perguntou a Andromeda se Harper a tinha procurado para tentar trabalhar no arquivo, mas a IA respondeu que não. Dylan suspirou. É ... aquilo ia ser mais complicado do que parecia. Ele então lhe disse para monitorar o engenheiro, e quando ele estivesse pronto, fosse procurá-lo.
O Capitão pôs-se a raciocinar ... Primeiro, Harper foi até Minas 7 investigar os negócios de Gerentex sobre naves da Alta Guarda e seus armamentos. Segundo, Harper baixara um arquivo, mas estava incapacitado tecnicamente de acessá-lo, o que era deveras estranho. Terceiro, Harper tinha sido resgatado em seu Slipfighter à deriva no espaço e a nave estava em perfeitas condições de funcionamento quando partira. Quarto, Harper estava agora sofrendo de um mal-estar misterioso, cujos sintomas incluíam uma febre baixa, e Trance não conseguira descobrir o que havia de errado com a saúde dele. Isso era curioso ...
Subitamente, Dylan sorriu para si mesmo. Havia pelo menos uma peça daquele quebra-cabeças que ele podia pesquisar. Na verdade, a única pista ... Ele ativou o comunicador, chamando Rhade, e pediu-lhe que levasse Rommie consigo e juntos examinassem o Slipfighter de Harper a pente-fino, para ver se encontravam algo errado. A nave estava perfeita antes da missão, e ele precisava saber por que fora encontrada à deriva e precisara ser rebocada. Rhade foi imediatamente cuidar da tarefa.

*** (Lembrança) *** Os lençóis de seda traziam uma sensação de suavidade em sua pele. Suspirando deliciado, ele puxou o corpo dela para seus braços. Ela suspirou baixinho, e ele soube que ela queria continuar ... A noite estava escura, e as sombras dançavam nas paredes do quarto. Harper pensava em que nunca estivera tão feliz como naquele momento. Aquela bela e ardente mulher tinha se tornado a pessoa mais importante de todo o Universo para ele ... e ele a estreitou entre seus braços, beijando-a. Daquela vez, quando fizeram amor, foi tão intenso como ambos nunca haviam experimentado antes. Eles não queria parar, como se estivessem tentando prender todas as emoções nas poucas horas em que estavam juntos. *** (Fim da lembrança) ***
Harper sobressaltou-se ao ouvir a IA chamando por ele. Andromeda lhe disse que Dylan queria que trabalhassem juntos para decifrara o arquivo que ele trouxera de Minas 7. O engenheiro passou a mão pelos cabelos arrepiados, e inventou que estava muito ocupado naquele momento, e que podiam fazer isso mais tarde.
Andromeda disse que tudo bem, mas lembrou-o que Dylan não ia esperá-lo para sempre. Harper fez que sim com a cabeça e dispensou-a.
Sozinho mais uma vez, ele se levantou da mesa, e, cambaleando, sentindo-se tonto, resolveu que precisava era de umas horas de sono, e então estaria novo em folha novamente. Ele deitou-se, e, embora puxasse o cobertor para si, tremia continuamente em um sono agitado.


Última edição por Myriam Castro em Qui Nov 13, 2008 11:43 am, editado 1 vez(es)

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T. Virtual VII-04 - Fine Line Between Genius & Insanity

Mensagem  Myriam Castro em Qua Set 10, 2008 12:06 am

Continuando ...


O holograma da IA surgiu diante de Dylan, que estava em sua escrivaninha, e disse que não conseguira que Harper colaborasse em trabalhar no arquivo. Ele parecia estar evitando fazer isso, e seu comportamento sugeria que talvez estivesse com algum tipo de dupla personalidade.
Ela não entendia o que estava acontecendo. Dylan lhe informou que Trance também nada descobrira. Então, contactou Rhade, e perguntou como ia o trabalho com o Slipfighter. O Nietzschean lhe informou que já estava quase no fim.
E de fato, cerca de duas horas depois, ele chamou Dylan para comunicar-lhe o resultado de sua pesquisa. Quando o Capitão chegou ao hangar, lá encontrou Trance e estranhou o fato, mas Rhade disse que mandara chamá-la por achar que talvez precisasse dela.
Haviam mesmo encontrado alterações na pequena nave, como se ela tivesse sido sabotada. Os sistemas de navegação e o computador de bordo tinham sido afetados por um vírus que os invadira assim que Harper baixara o arquivo. Não só os controles ficaram travados, como o próprio Harper ... e eles hesitaram, antes de continuar, como se se sentissem desconfortáveis. Dylan esperou que prosseguissem.
Então, Rommie tomou a palavra. O Slipfighter havia sido deixado à deriva, com uma condição mínima de suporte de vida. Gerentex havia imaginado que suas atividades logo chamariam a atenção de Dylan e que logo haveria espiões rondando suas fronteiras.
Assim, ele preparou uma armadilha, criando um vírus que afetasse tanto sistemas operacionais, quanto seres orgânicos. Esperava que, com aquele "presente de grego", fizesse Dylan levar ele mesmo a ameaça para bordo de sua nave ... e a ação do vírus desestabilizaria a harmonia a bordo, colocando uns contra os outros, e tornando Andromeda uma presa fácil.
Dylan pensou por um instante, enquanto caminhava de um lado para outro, correndo os olhos pelos companheiros. Finalmente, ele decidiu o que fazer. Primeiro, era preciso inteirar Beka do ocorrido; em seguida, ele lhes disse para encontrá-lo dali a 10 minutos na Cantina. E pediu à IA que continuasse monitorando Harper.
Beka ficou realmente intrigada, e também aflita, ao saber do que tinha acontecido. Afinal, Harper também era responsabilidade sua! Dylan acalmou-a, explicando que era, antes disso, responsabilidade dele e que Harper queria de verdade ir nessa missão. O mais importante naquele momento, era trabalharem juntos para resolver o problema.
E enquqnto Beka amaldiçoava o tal arquivo, Dylan, ao contrário, achava que as respostas estavam precisamente nele. Assim, ele determinou à IA que criasse uma matriz de isolamento, para que o vírus não invadisse Andromeda quando fosse acessado.
De repente, Trance, que monitorava Harper por um monitor, estremeceu. Todos se viraram para ela, e o que viram na tela os deixou petrificados. Harper agitava-se em seu sono, como se passasse por uma espécie de convulsão, e murmurava palavras ininteligíveis.
Dylan não conseguiu entender nada, mas Trance distinguiu uma, em meio àquela cacofonia, que hesitou em pronunciar na presença de Dylan: Saoirse. O desconforto mais uma vez tomou conta de todos. E então, antes que pudessem dizer qualquer coisa, Harper gritou e deu um pulo da cama. Trance saiu às pressas para acudir o engenheiro, enquanto Dylan fez simal a Rommie para ir para o Deck Médico.
"Vamos colocar o show na estrada!"


Última edição por Myriam Castro em Qui Nov 13, 2008 11:44 am, editado 1 vez(es)

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T. Virtual VII-04 - Fine Line Between Genius & Insanity

Mensagem  Myriam Castro em Qua Set 10, 2008 12:53 am

Continuando ...

Harper mandou-a ir embora. Não queria ver ninguém ...
Mas Trance, com aquela ternura que lhe era característica, insistiu, até que o engenheiro abriu a porta. Apreensivo, ele olhou para além dela, e perguntou se estava sozinha. Quando ela disse que sim, ele ficou visivelmente aliviado. Ela perguntou quem mais ele esperava, e, aparentemente, tanto receava. Mas ele se encolheu na cama. Finalmente, depois de alguns segundos, ele perguntou se "ela" tinha contado algo a "ele". Trance, intrigada, perguntou quem contara o que para quem, e Harper, num fio de voz, disse: "Saoirse ... será que ela contou a Dylan ...?"
Trance franziu as sobrancelhas, ainda sem entender do que ele falava. Até que ele perguntou, gaguejando, se ela contara a ele que ela e Harper ... bem ... haviam dormido juntos. Que ele traíra a confiança de Dylan. Ele disse que temia que Dylan o matasse, ou pior ... o expulsasse da Andromeda. Mas Trance, suspirando suavemente, disse que nada daquilo ia acontecer ... porque nada acontecera entre ele e Saoirse.
Harper piscou, confuso. Mas como ...? Ela não sabia de nada! As lembranças eram tão vívidas em sua mente ... ele podia senti-la, tocá-la ... como assim, não era real? Trance sorriu, com pena dele. Então, a porta se abriu, e Dylan entrou. Para quê! Harper se encolheu, em pânico, como se estivesse vendo a própria morte que viera buscá-lo ... ele parecia estar com mais medo de Dylan do que tinha dos Magogs. Encolhido a um canto, repetia sem cessar: "Não me mate! Não me mate! Não me mate!"
Então Trance voltou-se para Dylan, e sugeriu que ele saísse dali. Sua presença estava deixando Harper tão apavorado, que ele podia até entrar em colapso, e sabe-se lá o que aconteceria ... e, afastando-se um pouco com Dylan, ela explicou em voz baixa que Harper estava sofrendo de alucinações produzidas certamente pela infecção do vírus de computador; o programa o convencera de que ele e Saoirse haviam tido um tórrido caso, e que haviam passado a última semana juntos.
Dylan ficou intrigado ... como isso poderia agir de forma tão específica? Gerentex nem conhecia Saoirse! Mas, como Trance lhe dissesse que o estado de Harper estava se agravando, ele se retirou, preocupado. Trance retornou para junto de Harper, que continuava se lamuriando, repetindo que cometera coisas terríveis, e que estava acabado ...
Então, Rommie entrou. Ela ouvira as últimas palavras de Harper e, sentando-se perto dele, encarou-o bem nos olhos e passou a explicar-lhe o que realmente acontecera.
O engenheiro, embora perturbado, tinha sua atenção voltada para Rommie. A avatar prosseguiu, dizendo a ele que tudo era parte da alucinação, pois ele não estivera fora por mais de quatro dias e meio. Que Gerentex montara uma armadilha para pegar Dylan e que, ao baixar o arquivo, ele, Harper, havia infectado a nave e a si próprio, através do data-port, e por pouco não atingira Andromeda, sem o saber.
Mas Harper ainda não entendia uma parte: por que Saoirse?
Rommie explicou que o vírus era ativado assim que ele contactasse a primeira pessoa após ser infectado, e por coincidência, tinha sido Saoirse. E quis saber, como iriam remover aquilo dele. Rommie então lhe disse que ia interfacear com ele, sob a proteção de uma matriz isolada, e então poderiam acessar o arquivo sem que o vírus atingisse Andromeda. Trance se aproximou e acrescentou que era preciso que se fizesse isso no Deck Médico, onde poderiam monitorá-lo durante todo o tempo.
E assim foi feito.

Mais tarde, Harper estava no Deck de Observação, sentado no banco bem à frente da ampla janela, os joelhos dobrados contra o peito, os braços em volta deles. A porta se abriu, e quando o engenheiro se voltou, viu Dylan aproximar-se dele. Instintivamente, Harper se endireitou, e preparou-se para correr ... mas Dylan, erguendo a mão, lhe disse para ficar. O Capitão tinha a voz calma ao falar-lhe e isso fez com que ele relaxasse.
Dylan disse que estava muito satisfeito com o sucesso da missão. Haviam obtido informações valiosas, e agora, caberia às autoridades da Comunidade tomar as devidas providências contra Gerentex.
Harper foi logo dizendo que não achava que se saíra tão bem ... e Dylan, segurando-o pelos ombros, encarou-o. "Caramba!" , ele disse, "É claro que eu confio em você! Afinal, é você quem cuida de Andromeda, não é? E ela é a coisa mais importante na minha vida ... e nas de todos vocês, também. Gerentex, sim, esse é quem leva a culpa. Ele tentou contra mim - e contra vocês. Eu nunca deveria ter enviado alguém lá sozinho ... nem mesmo Rhade. Esse sujeitinho é perigoso".
Harper sorriu timidamente. Depois de alguns segundos, perguntou se estava tudo bem entre eles. E Dylan, sorrindo, respondeu que sim. Estava tudo bem.
"Obrigado, Dylan ..."


Última edição por Myriam Castro em Qui Nov 13, 2008 11:44 am, editado 1 vez(es)

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T. Virtual VII-04 - Fine Line Between Genius & Insanity

Mensagem  Myriam Castro em Qua Set 10, 2008 12:55 am

E essa! ...
Pobre Harper!
Acho que aquela febre dele era de origem emocional, por causa do receio que ele tinha de Dylan descobrir o que ele achava que era verdade ...


Última edição por Myriam Castro em Qui Nov 13, 2008 11:44 am, editado 1 vez(es)

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T. Virtual VII-04 - Fine Line Between Genius & Insanity

Mensagem  mara em Qua Set 10, 2008 6:08 pm

Também acho, Myriam. Febre sempre nasce quando a mente está "fervendo" por causa de um conflito muito difícil de resolver.
Que bom que Trance e Rommie puderam ajudá-lo.
Eu me coloco na pele do coitado do Harper...:pale:
Muito grata, querida, pelo episódio!Very Happy

_________________
No one should never give up, ever! Do what makes you happy, what you are passionate about!

mara

Número de Mensagens : 18928
Location : São Paulo, Brasil
Data de inscrição : 02/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T. Virtual VII-04 - Fine Line Between Genius & Insanity

Mensagem  Myriam Castro em Qua Set 10, 2008 7:16 pm

Pois é ...
Dylan é um líder severo e justo, mas, por outro lado, não é do tipo violento. Muito pelo contrário: é equilibrado e calmo, e no fundo, às vezes tenho a impressão que ele se diverte com o jeito de ser do rapaz.
Entretanto, ele está loucamente apaixonado por Saoirse, e não se sabe o que aconteceria, se algo ou alguém a ameaçasse ... como ele reagiria.


Última edição por Myriam Castro em Qui Nov 13, 2008 11:44 am, editado 1 vez(es)

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T. Virtual VII-04 - Fine Line Between Genius & Insanity

Mensagem  Myriam Castro em Qua Set 10, 2008 7:26 pm

Vejamos um outro detalhe:
Está claro que Dylan não gosta que Saoirse fique longe dele muito tempo ... ele sente falta dela, de tocá-la, beijá-la, fazer amor com ela ... enfim, estar com ela o tempo todo.
Pois bem ... eu acho que o que ele mais receia, bem no fundo de seu coração, é que aconteça algum "fenômeno espaço-temporal" com ela, e ela acabe descobrindo que o "outro" ainda está vivo. Nem quero pensar em como seria sua reação para com Dylan - o "nosso" Dylan.

Além disso, ponho-me a pensar também no seguinte:
Existem ali as realidades paralelas, ou seja, dois Universos, onde cada um tem seu "correspondente".
Sendo assim, não deveria haver "outra" Saoirse? Talvez, na própria realidade do nosso herói, "do lado de cá"? Alguém que ele ainda não conheceu, mas que poderia vir a conhecer ... e amar?scratch :?:


Última edição por Myriam Castro em Qui Nov 13, 2008 11:45 am, editado 2 vez(es)

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T. Virtual VII-04 - Fine Line Between Genius & Insanity

Mensagem  Manto Negro em Qui Set 11, 2008 10:09 am

Eita Myriam sua mente tá fervendo hein? E a minha tá dando um nó :lol:

Interessante como o vírus foi no x da questão, pegou bem no calcanhar de Aquiles, no caso o amor de Dylan, causando no pobre Harper uma confusão danada! bounce

Muito inteligente a pessoa que esta criando esses episódios!
Very Happy

Manto Negro

Número de Mensagens : 2868
Idade : 40
Location : Santa Tereza de Goiás- GO
Data de inscrição : 26/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T. Virtual VII-04 - Fine Line Between Genius & Insanity

Mensagem  Manto Negro em Qui Set 11, 2008 10:10 am

E que sorte a nossa por termos você pra traduzir tudo com tanta dedicação, perfeito seu trabalho Myriam! :cheers:

Manto Negro

Número de Mensagens : 2868
Idade : 40
Location : Santa Tereza de Goiás- GO
Data de inscrição : 26/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T. Virtual VII-04 - Fine Line Between Genius & Insanity

Mensagem  Myriam Castro em Qui Set 11, 2008 5:08 pm

Muito obrigada!
E concordo com você ... essas meninas que bolaram as duas temporadas virtuais são muito inteligentes e criativas.
Escrever Ficção Científica não deve ser fácil ...

Já reparou, Vivi, que em cada episódio, elas parecem ter "pegado um gancho" de aventuras anteriores, das 5 temporadas clássicas?
Esse mesmo é um exemplo: o tal Gerentex era aquele sujeito que contratou Beka e sua equipe para rebocar Andromeda da singularidade, logo no início da saga ... ele só não contava em encontrar o próprio comandante dela ainda vivo (que ele apelidou de "fóssil da Alta Guarda"), e que, com certeza, não iria dar-lhe a nave "de mão beijada".
É ... o dito "fóssil da Alta Guarda" (um belo exemplar de fóssil, diga-se de passagem ...) deu-lhe muito trabalho, e impediu que ele levasse Andromeda e seu poderoso armamento.


Última edição por Myriam Castro em Qui Nov 13, 2008 11:45 am, editado 1 vez(es)

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T. Virtual VII-04 - Fine Line Between Genius & Insanity

Mensagem  mara em Qui Set 11, 2008 7:47 pm

Meninas, vou repassar seus elogios a elas, que são maravilhosas mesmo!

_________________
No one should never give up, ever! Do what makes you happy, what you are passionate about!

mara

Número de Mensagens : 18928
Location : São Paulo, Brasil
Data de inscrição : 02/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T. Virtual VII-04 - Fine Line Between Genius & Insanity

Mensagem  Manto Negro em Sex Set 12, 2008 8:21 am

Myriam Castro escreveu:Muito obrigada!
E concordo com você ... essas meninas que bolaram as duas temporadas virtuais são muito inteligentes e criativas.
Escrever Ficção Científica não deve ser fácil ...

Já reparou, Vivi, que em cada episódio, elas parecem ter "pegado um gancho" de aventuras anteriores, das 5 temporadas clássicas?
Esse mesmo é um exemplo: o tal Gerentex era aquele sujeito que contratou Beka e sua equipe para rebocar Andromeda da singularidade, logo no início da saga ... ele só não contava em encontrar o próprio comandante dela ainda vivo (que ele apelidou de "fóssil da Alta Guarda"), e que, com certeza, não iria dar-lhe a nave "de mão beijada".
É ... o dito "fóssil da Alta Guarda" (um belo exemplar de fóssil, diga-se de passagem ...) deu-lhe muito trabalho, e impediu que ele levasse Andromeda e seu poderoso armamento.

Que fóssil hein? Twisted Evil Pois então Myriam, os primeiros episódios eu não assisti ( e nem as últimas temporadas)! O que sei até agora de Andromeda são apenas o pouco que vi, e agora o que vcs contam aqui (ainda bem!!!) bounce
Quando descobri a série, ela logo parou de passar... :(

Manto Negro

Número de Mensagens : 2868
Idade : 40
Location : Santa Tereza de Goiás- GO
Data de inscrição : 26/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T. Virtual VII-04 - Fine Line Between Genius & Insanity

Mensagem  Manto Negro em Sex Set 12, 2008 8:27 am

mara escreveu:Meninas, vou repassar seus elogios a elas, que são maravilhosas mesmo!

Faça isso Mara!!! Diga-lhes que adoramos seu trabalho! bounce bounce bounce

Manto Negro

Número de Mensagens : 2868
Idade : 40
Location : Santa Tereza de Goiás- GO
Data de inscrição : 26/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T. Virtual VII-04 - Fine Line Between Genius & Insanity

Mensagem  Myriam Castro em Sex Set 12, 2008 7:30 pm

E, se eu tivesse a criatividade e a imaginação delas, continuaria a idéia ... e escreveria mais episódios da VII Temporada, que só tem 13.
Hum ... projeto interessante seria esse, hein ...?


Última edição por Myriam Castro em Qui Nov 13, 2008 11:46 am, editado 1 vez(es)

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T. Virtual VII-04 - Fine Line Between Genius & Insanity

Mensagem  Manto Negro em Sab Set 13, 2008 6:05 am

Myriam Castro escreveu:E, se eu tivesse a criatividade e a imaginação delas, continuaria a idéia ... e escreveria mais episódios da VII Temporada, que só tem 13.
Hum ... projeto interessante seria esse, hein ...?

Se você não começar nunca vai saber se é capaz! Que tal? bounce

Eu acho que você pode, afinal você sabe tudo de Andromeda, sabe tudo de ficção científica, portanto... ;)

Manto Negro

Número de Mensagens : 2868
Idade : 40
Location : Santa Tereza de Goiás- GO
Data de inscrição : 26/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T. Virtual VII-04 - Fine Line Between Genius & Insanity

Mensagem  Myriam Castro em Sab Set 13, 2008 7:13 pm

Está brincando? ...
Quem me dera ...


Última edição por Myriam Castro em Qui Nov 13, 2008 11:47 am, editado 1 vez(es)

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T. Virtual VII-04 - Fine Line Between Genius & Insanity

Mensagem  Myriam Castro em Sab Set 13, 2008 7:22 pm

Manto Negro escreveu:Eita Myriam sua mente tá fervendo hein? E a minha tá dando um nó :lol:

Interessante como o vírus foi no x da questão, pegou bem no calcanhar de Aquiles, no caso o amor de Dylan, causando no pobre Harper uma confusão danada! bounce

Muito inteligente a pessoa que esta criando esses episódios!
Very Happy


Interessante mesmo ...
Mas, sabemos como Harper é ... ele não pode ver um "rabo de saia", e quando tenta a aproximação, sempre leva um fora.
Vai ver, ele também achou Saoirse muito bonita e atraente, quando a viu pela primeira vez, embora a respeitasse ... especialmente depois que ela se tornou a "consorte" de Dylan.
Certamente, seu subconsciente registrou a impressão que Saoirse lhe causara ... e quando o vírus o afetou, aquilo veio à tona.
Era por isso, também, que ele não queria ir para o Deck Médico, pois, se Trance o examinasse e de repente, de alguma forma, aquelas imagens ficassem visíveis, coitado dele!


Última edição por Myriam Castro em Qui Nov 13, 2008 11:47 am, editado 1 vez(es)

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T. Virtual VII-04 - Fine Line Between Genius & Insanity

Mensagem  Manto Negro em Seg Set 15, 2008 9:00 am

Hum... interessante. É, você tem razão! Very Happy

Quanto aos episódios virtuais, num tô brincando não! bounce
Eu acho você capaz sim!
8)

Manto Negro

Número de Mensagens : 2868
Idade : 40
Location : Santa Tereza de Goiás- GO
Data de inscrição : 26/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T. Virtual VII-04 - Fine Line Between Genius & Insanity

Mensagem  mara em Seg Set 15, 2008 11:00 am

Faz sentido, Myriam. A droga se aproveitou daquilo que Harper tinha oculto no inconsciente...Very Happy

_________________
No one should never give up, ever! Do what makes you happy, what you are passionate about!

mara

Número de Mensagens : 18928
Location : São Paulo, Brasil
Data de inscrição : 02/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T. Virtual VII-04 - Fine Line Between Genius & Insanity

Mensagem  Myriam Castro em Seg Set 15, 2008 4:59 pm

E quanto a Dylan ...
Bem, ele é um homem tão equilibrado, e um amigo tão leal, que aparentemente, não ficou tão chocado ... mesmo depois que Trance lhe contou qual era a causa do estranho comportamento de Harper.
Ao contrário, ele ficou muito apreensivo de que aquilo acabasse por matar o amigo ... e sentiu, sim, verdadeira repulsa por Gerentex. E ainda assim, não se deixou levar pelo desejo de fazer justiça com as próprias mãos, preferindo deixar que as autoridades da Comunidade cuidassem do criminoso.


Última edição por Myriam Castro em Qui Nov 13, 2008 11:48 am, editado 1 vez(es)

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T. Virtual VII-04 - Fine Line Between Genius & Insanity

Mensagem  Convidad em Ter Set 23, 2008 8:12 am

Myriam, eu não tenho lido por causa da correria, vou ter que reler algumas e depois voltar aqui. Aí coloco meus comentários! obrigada por teu esforço!

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T. Virtual VII-04 - Fine Line Between Genius & Insanity

Mensagem  Manto Negro em Ter Set 23, 2008 8:56 am

Myriam Castro escreveu:E quanto a Dylan ...
Bem, ele é um homem tão equilibrado, e um amigo tão leal, que aparentemente, não ficou tão chocado ... mesmo depois que Trance lhe contou qual era a causa do estranho comportamento de Harper.
Ao contrário, ele ficou muito apreensivo de que aquilo acabasse por matar o amigo ... e sentiu, sim, verdadeira repulsa por Gerentex. E ainda assim, não se deixou levar pelo desejo de fazer justiça com as próprias mãos, preferindo deixar que as autoridades da Comunidade cuidassem do criminoso.

Mostrando assim sua inteligencia superior!!! Enxergando além das emoções! Very Happy

Manto Negro

Número de Mensagens : 2868
Idade : 40
Location : Santa Tereza de Goiás- GO
Data de inscrição : 26/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T. Virtual VII-04 - Fine Line Between Genius & Insanity

Mensagem  Manto Negro em Ter Set 23, 2008 8:57 am

Carmen Lily escreveu:Myriam, eu não tenho lido por causa da correria, vou ter que reler algumas e depois voltar aqui. Aí coloco meus comentários! obrigada por teu esforço!

Você vai amar Carmen!!! Esses episódios virtuais ficam cada vez mais interessantes! 8)

Manto Negro

Número de Mensagens : 2868
Idade : 40
Location : Santa Tereza de Goiás- GO
Data de inscrição : 26/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T. Virtual VII-04 - Fine Line Between Genius & Insanity

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 11:34 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum