Temporada Virtual VII-08 - A Little White Lie

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Temporada Virtual VII-08 - A Little White Lie

Mensagem  Myriam Castro em Seg Nov 10, 2008 8:42 pm



Uma Pequena Mentirinha


"Se você quer ser amado ... seja amável."

Ovídio (Terra Arcaica)


Beka comentou que, daquela vez, achava mesmo que Dylan ia precisar de resgate ... "ela" estava sobre ele como urticária. E Harper concordou, embora dissesse que aquele tipo de "urticária" ele, Harper, bem que queria sobre ele.
Então, Beka pegou-o pela mão, empurrando-o para lembrá-lo que ele tinha seus afazeres, e dizendo que tinha certeza de que Dylan era perfeitamente capaz de lidar com aquela ... "sirigaita". Afinal, não seria a primeira vez que ele se via às voltas com as consequências de seus atributos físicos ... Beka sabia que era mais uma daquelas "mariposas" que de vez em quando ficavam à volta de Dylan, como se ele fosse uma lâmpada.
Harper fez uma careta, perguntando o que é que Dylan tinha, que ele não tinha, e Beka sorriu. Para começar ... a estatura! O que fez o engenheiro fechar a cara. Ele perguntou onde o Capítão estava naquele momento, e ela disse que ele estava em seus aposentos. E quanto à "Fulaninha" - que eles haviam apelidado de "Srta. Certinha" - essa grudava-se a ele como cola. Ele não podia ir a lugar algum, nem em sua própria nave!
Harper disse que ele mesmo não teria nenhuma reclamação ... mas pressentia problema se ela estivesse ali quando Saoirse voltasse. Beka estreitou os olhos para ele. Será que ele andara bisbilhotando ...?
Foi Rommie quem respondeu, juntando-se a eles. Ela nem lhe prestava atenção, ele já tinha tentado todos os seus truques. Aí, Beka e Harper olharam para ela. Ela, sim, andara espionando ... mas, da última vez em que dera uma "olhada", Dylan parecia estar no controle da situação. E naquele momento, precisamente, ele estava a caminho da Ponte ... e era melhopr todos voltarem aos seus postos!

Continua ......


Última edição por Myriam Castro em Qua Nov 12, 2008 8:19 pm, editado 1 vez(es)

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Temporada Virtual VII-08 - A Little White Lie

Mensagem  Myriam Castro em Seg Nov 10, 2008 9:18 pm

Continuando ....

A avatar informou que ele tinha solicitado um protocolo de segurança para escoltar a Srta. Bryony Eless para a nave dela. Bem ... ele levara exatas 27 horas para se livrar dela!
A voz de Dylan soou bem atrás deles, e ele queria saber por que suas orelhas estavam "queimando". Seria por acaso uma festinha particular? Ele queria que cumprissem as ordens em um minuto ... e todos se dispersaram, saindo de fininho.
Rhade entregou um flexi ao Capitão, dizendo ser uma mensagem não respondida. Dylan pegou o flexi, baixando os olhos para disfarçar o rubor, e agradeceu a Rhade. O Nietzschean se retirou. Dylan então se virou para Rommie, as mãos nos quadris, o olhar severo. Perguntou se a reputação dele estava "em pedaços" novamente. Rommie respondeu que não ... fora informada que ele tinha sido um perfeito cavalheiro ... e que "ela" fizera questão de mencionar que apreciara a ajuda dele, e muito.
Ora essa! Dylan já estava cansado daquela situação pra lá de esdrúxula. Com um suspiro, foi para o seu console.
Observando-o se afastar, Rommie pensou: "Lá se vai um homem que não hesita em colocar sua vida na linha de fogo ao primeiro sinal de batalha ..." Ela sorriu. Observá-lo tentando evitar a visitante fora até engraçado.
A IA respondeu que não achava tão "engraçado" assim ... o fato daquela Fulaninha ter selecionado o Capitão Hunt como seu próximo parceiro sexual e não querer se deter sob nenhuma circunstância, não tinha graça nenhuma! Ela ia continuar e continuar a importuná-lo ... e usaria de todos os seus meios, com ou sem o consentimento dele.
Mas Rommie, empertigando-se toda, disse que não haveria maneira de ela pôr as garras em Dylan ... aquelazinha podia ser esperta, mas ela, Rommie, era muito mais esperta. E, quando a IA lhe perguntou se ela tinha algum plano em mente, ela respondeu simplesmente que estava trabalhando em um.
A IA chamou Rhade, informando que tinha uma mensagem para ele. Dylan voltou-se para o Nietzschean, com um olhar de interrogação e Rhade explicou que era "apenas uma pequena diversão".
Quando a tela mostrou o rosto de Issak, Rhade o cumprimentou efusivamente. Issak tinha descoberto o paradeiro de Jerex - aquele trapaceiro com quem Rhade fora confundido, semanas antes. Tivera indícios seguros de que ele se encontrava encurralado num determinado planeta chamado Thapha, com a nave avariada, e ia ficar preso lá por tempo indeterminado. Uma excelente oportunidade para apanhá-lo.
Dylan acompanhava a conversa com curiosidade, e Rhade respondeu ao seu interlocutor que estava a postos. Quando a tela se apagou, o Nietzschean contou toda a história para Dylan. E terminou dizendo que estava determinado a mostrar a esse tal de Jerex que não era correto fazer o que fez com pessoas de bem. De cara, ainda pretendia dar também uma lição em Issak. Afinal, o cara era um pilantra ... devia a Issak nada menos do que 200 mil thrones.
Dylan assoviou. Era mesmo muito dinheiro!
A IA anunciou outra mensagem, dessa vez para Dylan. Era Bryony, e não estava nada contente por ter sido simplesmente "chutada" para fora da Andromeda. Sentia-se indignada. Ao que Dylan, sem a menor cerimônia, replicou que ainda tinha muitos "recursos" ... a maioria dos quais com o objetivo de estar bem longe dela.
Bryony pareceu na verdade apreciar aquele aparente sarcasmo. Mas Dylan não mudou o tom de voz, quando disse que ela poderia lhe oferecer as Três Galáxias, que ele ainda assim a recusaria ...

Continua ....

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Temporada Virtual VII-08 - A Little White Lie

Mensagem  Myriam Castro em Seg Nov 10, 2008 9:42 pm

Continuando ....

Ela argumentou que o selecionara, e ele era obrigado a aceitar ... ele era o "escolhido" dela, seria dela, nem que ela tivesse que mover céus e terras para tê-lo ... foi quando Dylan, fazendo sinal a Rommie com o dedo sob a garganta, cortou a comunicação. Dylan perguntou onde ela estava, e a IA respondeu que a menos de meia hora-luz de distância da Andromeda ... e perguntou ao Capitão o que ele queria que ela fizesse. Dylan estremeceu. Aquilo já o estava irritando. Beka sugeriu a ele que conversasse com ela e ele disse que já tentara, até ficar "azul" de cansaço. Não surtira efeito. E explicou como era a cultura do povo de Bryony, os Mozron:
Quando as mulheres se casavam, os maridos eram obrigados a fazer uma espécie de retiro, que durava cinco anos, deixando as esposas "de jejum". Assim, elas, que tinham um apetite sexual enorme, logo saíam à procura de novos parceiros que as "mantivessem aquecidas durante a noite".
Harper o interrompeu. Cinco anos de pura delícia ...?
Mas Dylan olhou sério para ele e prosseguiu. Disse que, por seu lado já era casado ... com a sua nave. O que fez o engenheiro armar uma cara de falsa surpresa: "Com a nave ... ahn ... certo!"
Entrementes, a nave de Bryony já estava quase chegando e Dylan, exasperado, correu os olhos pelos amigos, estremecendo por antecipação.
Depois de um momento, ele gritou, desabafando sua frustração, e ordenou que ela fosse confinada a um dos alojamento de hóspedes, assim que desembracasse. Beka ponderou que talvez não fosse uma boa idéia ... ela poderia virar uma fera quando o visse, e comê-lo vivo. Dylan disse que era a única idéia que lhe ocorria no momento, e desafiou-a a conferir se ele seria "comido vivo" ... Bryony que tentasse!
Com essas palavras, ele se retirou e antes de deixar a Ponte, passou o comando para Beka e chamou Rhade para conversar. Ele quis saber o que fora decidido quanto ao caso Jerex, e Rhade disse que ia levar Harper com ele. Oh, ele garantiu que não haveria perigo algum ... Jerex era um pilantra, mas do tipo que não apreciava a violência. Ele não ia precisar de mais do que 12 horas. Bem era hora de fazer os últimos preparativos. Dylan desejou-lhe boa sorte.
Assim que Rhade se afastou, ele perguntou sobre Bryony. A IA lhe informou que ela já desembarcara, e estava confinada. Ela protestava em alta voz o que ela considerava uma tremenda falta de boas-maneiras. Com um suspiro de resignação, Dylan decidiu ir conversar com ela novamente.
Quando chegou próximo aos alojamentos dela, ouviu os gritos... e também o ruído de algo espatifando-se na porta de metal. Ele perguntou à IA o que estava acontecendo, e Andromeda respondeu que ela estava furiosa ... era melhor ele tomar cuidado.

Continua ....

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Temporada Virtual VII-08 - A Little White Lie

Mensagem  Myriam Castro em Seg Nov 10, 2008 10:23 pm

Continuando ....

Quando ele tocou o bip da porta, ouviu o barulho de outro objeto sendo arremessado, e assim que a porta deslizou, ele mal teve tempo de desviar de alguma coisa que passou zunindo perto de sua orelha e foi espatifar-se contra a parede oposta do corredor. Ele protestou, e quando ela já se preparava para atirar outro "petardo", ele segurou-lhe a mão, enquanto a empurrava com vigor, fazendo com que ela se esparramasse sobre o sofá.
Ela olhou para ele, os olhos verdes cheios de ira, enquanto ele agarrava seus braços e a imobilizava. Olhando-a bem no fundo dos olhos, ele ordenou que se calasse, enquanto ele falava. Ela ia ter que ouvi-lo! E ela, a contragosto, acabou ficando quieta.
Ele então começou a falar: "Em primeiro lugar, eu sou o Capitão desta nave, e, no meu manual, as hóspedes definitivamente não começam uma conversa com seu anfitrião lançando-se sobre ele e tentando beijá-lo à força! E em segundo ... quando você me pôs a par do propósito de fazer de mim seu parceiro, fiquei até lisonjeado, mas recusei delicadamente, por não ser esse o costume do meu povo, e contra os meus princípios. E quando eu recuso alguma coisa, é definitivo. Mas você ...? Você simplesmente não parece ter limites ... não parece entender o conceito de recusa, não é?"
Ela protestou que ele não tinha o direito de recusá-la. Ela o tinha escolhido, e ele tinha que ficar com ela. Ela se levantou, e Dylan recuou um passo. Ela fixou os olhos nele, percorrendo-o de alto a baixo com o olhar de luxúria ... e disse que ele era a perfeição personificada: forte, alto, bonito e com uma inteligência acurada. Uma excelente "aquisição" para ela. Ela podia muito bem fazê-lo feliz, levá-lo com ela ... e ele nunca mais teria que se preocupar com coisa alguma. Estaria vivendo como um rei e só teria que pensar numa coisa: nela!
Dylan franziu o cenho, retrucando que aquilo não lhe parecia uma "vida boa" - era mais uma escravidão, isso sim.
Ela era na verdade muito bonita, mas ... ele tinha seus deveres de Capitão, não podia abandonar sua nave e sua tripulação. Além disso, pensou ele de si para si, era fiel a Saoirse, a quem seu coração verdadeiramente se entregara.
Ora, ela argumentou que ele nunca tentara, e, sendo assim, como podia ter certeza de que não seria boa ...? Mas ele simplesmente olhou para ela, e meneou a cabeça. Ela se aproximou, tocando-lhe o peito musculoso com as pontas dos dedos. Ela aprovou o que sentiu sob o toque, mesmo por baixo daquela túnica ... mas Dylan simplesmente retirou a mão dela, dizendo que ela não tinha a menor decência. Ela rebateu que ele era incomparável, ela nunca tinha visto tão belo exemplar antes.
Dylan afastou-se dela, e disse que ela tinha apenas uma hora para pensar no que ele lhe dissera ... e então estaria fora da nave. Em seguida, deu-lhe as costas e se retirou, a porta fechando-se atrás dele.
"O que quer que você diga, Dylan ... " e um sorriso malicioso repuxou-lhe a boca bem-feita.
Beka, Trance e Rommie estavam reunidas, dispostas a tomar alguma providência para tirar Dylan daquela situação tão desagradável para ele. Rommie informou que ele saíra dos alojamentos dela ... e parecia intacto. Mas também aborrecido. Beka sugeriu que elas convidassem Bryony para conversar, e talvez tivessem sucesso em demovê-la da idéia de assediar Dylan. Afinal, quem ali o conhecia melhor do que elas mesmas? Rommie gostou da sugestão, e Trance também. Então, ficou combinado que fariam uma "reunião de mulheres" naquela tarde ... e tentariam usar seus truques.
Enquanto isso, Dylan fora procurar Harper e Rhade a bordo da Maru, disposto a ir na missão com eles - qualquer coisa para ficar livre daquela devassa - e é claro que foi bem recebido pelos companheiros.

Continua ....

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Temporada Virtual VII-08 - A Little White Lie

Mensagem  Myriam Castro em Seg Nov 10, 2008 11:18 pm

Continuando ...

Quando Andromeda informou a Beka a decisão de Dylan, ela ficou satisfeita ... era melhor, mesmo, que ele estivesse longe. Aquilo era um assunto para mulheres, e a ausência dos homens vinha mesmo a calhar.
Algumas horas depois, Bryony fora convidada para um lanche nos aposentos de Rommie. Sentadas à mesa, com um bolo de chocolate e um bule de chá, elas conversavam animadamente, até que surgiu o assunto principal ... Dylan.
Beka contou uma situação fictícia - mas com o objetivo de fazer Bryony pensar que fora real - na qual ela mesma havia "dado uns corretivos" em Dylan, quando ele tentara cortejá-la de uma forma muito ... precipitada, digamos assim. Trance lhe perguntou se acontecera aquilo uma única vez, ou era comum, e a amiga lhe respondeu que ele tentara algumas vezes, e sempre fora dispensado.
Bryony acabava de sair do chuveiro, e estava cada vez mais curiosa com o rumo da conversa. Ela sentou-se e pegou um pedaço de bolo.
Trance disse que Dylan era um amigo muito querido e um grande Capitão. Beka replicou que ninguém via Dylan como ela, e Bryony pediu detalhes. Ela mostrou-se surpresa ao saber que, naqueles seis anos, Beka nunca tivesse tido um pensamento de luxúria em relação a ele. Beka deu de ombros, como a amiga dourada, e disse que não ela, pois Dylan não era o seu tipo ... ademais, ela acrescentou, ele era Dylan Hunt, seu Capitão, para dizer o mínimo.
A outra dirigiu-se a Trance, observando que Dylan e ela pareciam ser bem próximos. Trance sorriu com simpatia, e disse que não via Dylan e ela tendo um relacionamento tal como Bryony imaginava. Eram apenas amigos ... íntimos mais na esfera espiritual do que física. Bryony disse que já ouvira falar dela ... ela era avatar de uma estrela, e sabia-se que relacionava-se com Dylan de maneira diferente do resto da tripulação. Como ... almas gêmeas, destinadas a ficar sempre juntas.
Trance até sentiu pena daquela pobre criatura ... tão bela e tão frívola!
Bryony não se dava por vencida. Virou-se para Rommie, e lhe pergintou o que havia em relação a ela. Rommie deu uma risadinha. Disse que não achava que funcionasse ... afinal, ela era uma IA, e ele um Heavyworlder híbrido. Ela não aprovava relacionamentos entre Capitães e suas tripulantes ou suas naves, nesse nível. Ela achava difícil ... mas relatou como "se sentia estranha", quando tinha uma mensagem ou um relatório para comunicar a Dylan e ele estava no banho.
E como era possível estar ela pensando nisso mais de três horas depois ...? Enquanto Bryony arregalava os olhos, surpresa, Beka piscou disfarçadamente para Rommie. Estava funcionando ... ela já estava ficando confusa.
Então Trance mudou o rumo da conversa, perguntando a Bryony o porquê daquela sua fixação por Dylan. Com certeza, havia por aí muitos outros homens que podiam atender às suas necessidades ... e Bryony respondeu que Dylan era exatamente o que ela queria em um homem. Beka fez uma cara de espanto fingido. Mas essa! Ela mesma conhecia alguns, e podia até citar nomes! (Na verdade, Beka, Rommie e Trance, cada uma à sua maneira, tinham enorme ciúme de Dylan e não admitiam que outra - à exceção de Saoirse, naturalmente - se acercasse dele daquele jeito ... N.T.).
Bryony, entretando, parecia irredutível ... ao que tudo levava a crer, ela não descansaria enquanto não tivesse "laçado" Dylan ... ela explicou que havia feito votos em relação a isso numa cerimônia, e não podia trazer vergonha à sua família.
Era preciso fazer alguma coisa para detê-la ...
Assim, fingindo genuína preocupação, Beka, Rommie e Trance se entreolharam, e Beka, com um suspiro, disse que deviam avisá-la. Essas palavras deixaram Bryony desconfiada. Avisar ... o quê?
Rommie então começou, fazendo uma cara de desconforto que fez Bryony ficar ainda mais desconfiada, dizendo que Dylan não era um tão "bom partido" quanto ela pensava ... a verdade era que ele estava envolvido num processo de divórcio (!!!) bastante turbulento, e com cinco crianças menores de dez anos na disputa.
Bryony protestou. Era mentira! Então Beka, com um suspiro, levantou-se, dizendo que infelizmente... elas não mentiam. A "ex" o estava perseguindo sem tréguas, exigindo seus direitos ...

Continua ...

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Temporada Virtual VII-08 - A Little White Lie

Mensagem  Myriam Castro em Ter Nov 11, 2008 12:03 am

Continuando ...

Quanto a Dylan ... bem, ele sempre dava um jeito de se esquivar.
Rommie pôs uma mão no braço de Bryony, como para confortá-la. Ela comentou que não seria bom para "uma moça de família" como ela, envolver-se com um homem naquelas circunstâncias. Ademais, ela ainda lhe confidenciou que Dylan nunca fora um exemplo de fidelidade conjugal ... oh, ele era um bom amigo, e um grande Capitão, muito querido e respeitado, mas tinha um certo ... "hábito" não muito saudável. Ele simplesmente não podia ver um rostinho bonito, que logo investia, e nem se importava se estava comprometido ou não. Ele só tinha olhos para a conquista, e colecionar "aventuras" era o que importava para ele.
Bryony estava pasma. Então, nesse caso, ele nunca ficaria comigo ... ou ficaria? Rommie meneou a cabeça. Infelizmente, não.
A visitante olhava para cada uma das outras mulheres, mas elas tinham uma expressão muito verdadeira no olhar, e ela, agora apavorada com o que estava ela mesma querendo conquistar, ficou ainda mais confusa. Em seu planeta natal, eram as mulheres que dominavam e ela simplesmente não toleraria um homem assumindo o papel de "garanhão" com ela.
Ela então levantou-se, decidida a dar o fora o mais rápido possível, de preferência antes que Dylan retornasse da missão.
Rommie ofereceu-se para ajudá-la com a bagagem, e nos preparativos de sua nave. Bryony fez que sim com a cabeça, e saiu para o seu alojamento, dizendo que estaria pronta para partir em meia hora.
Mal a porta deslizou atrás dela, as três, aliviadas, jogaram-se no sofá. Conseguiram! Finalmente Dylan estava livre daquela Fulaninha pegajosa!
Elas riram, satisfeitas consigo mesmas.
Enquanto isso, a excursão de Rhade não tinha ido muito bem. Mais uma vez, o esquivo Jerex havia conseguido escapar, e só o Diabo sabia para onde ...
Issak ficou furioso novamente ... e com certeza não pagou um só centavo a Rhade.
Quando o rosto do sujeito desapareceu da tela, Harper disse a Rhade para não ficar aborrecido. Sempre haveria outras oportunidades para ele brincar de esconde-esconde com algum foragido por aí, que lhe renderia até mais do que Jerex.
Ao que Rhade respondeu que já tinha alguém em mente ... um certo sujeitinho pequeno, tagarela e com o cebelo arrepiado, blá blá blá ...
Harper riu. Parecia familiar ... será que ele conhecia o tal? ... E Rhade respondeu que sim, era só olhar no espelho. O seu primeiro erro fora nascer ... para começar!
Dylan interrompeu os dois, repreendendo aquela "troca de gentilezas", e agradecendo a eles por lembrá-lo de que não devia nunca levar os dois juntos em uma mesma missão ...
Bem, já que não conseguiram pegar o tal Jerex, o melhor a fazer era voltar para casa, tomar um bom lanche, uma chuveirada, e ir dormir ... e, para ser sincero, Dylan precisava muito disso. Ele se recolheu, enquanto Rhade pilotava e Harper calava a boca. O que fez o Nietzschean exultar, por ver o engenheiro obedecer a uma ordem de ficar quieto ...

Um dia depois, lá estavam, Beka, Rommie e Trance, nos aposentos de Dylan, sentadas à sua frente. Dylan tinha uma expressão severa no rosto ... ele queria saber por que Bryony o havia esbofeteado descaradamente, antes de embarcar em sua nave para ir-se embora. Essas três - pensou ele - andaram aprontando alguma ...
Beka deu de ombros. Afinal, a Fulaninha se fora, não fora? Sim, ela foi embora ... e Dylan só estava curioso em saber o porquê.
Rommie, então, disse que elas só haviam contado uma "pequena mentirinha" a ela, pois já não estavam gostando da forma como ela vinha assediando Dylan sem tréguas. E detalhou tudo.
Dylan arregalou os olhos, estupefato. Como é ...?
Beka tentou justificar-se. Disse a Dylan que ele devia entender ... Bryony o teria tomado à força, se estava tão determinada. Ela tinha explicado como eram os estranhos costumes do seu povo, e não haveria escapatória para ele.
Dylan suspirou. Mas, como ficariam as coisas agora, se surgisse outro candidato a membro da Comunidade? Com que "cara" ele se apresentaria perante os representantes dos planetas-membros, se Bryony espalhasse pelas estrelas aquela mentira toda? ...
As três ficaram em silêncio por um momento. Beka receou que Dylan acabasse por puni-las por causa disso mas ele, respirando fundo, perguntou: "Quem sabe ...?"
Elas o encararam, e viram a expressão de lobo que ele fazia quando alguma coisa ou alguém o desagradava, os olhos azuis faiscando. Mas ele falou, com o tom de voz calmo que lhe era habitual, que elas talvez não precisassem se preocupar ... haviam na verdade salvado sua pele!
Beka ficou confusa. E ele ponderou que ela não falaria, pois também sua honra e a de sua família estariam em jogo ... E, quem sabe, ela não encontraria outro Dylan Hunt pelas estrelas afora, que a agradasse? Afinal, aquele não era um nome tão incomum assim nos Mundos Conhecidos ...
Ele as dispensou, e quando a porta se fechou atrás delas, ele ficou a meditar sobre tudo aquilo.
"Puxa! ... Cinco crianças ...? Cara, estive mesmo muito ocupado!"
A IA respondeu com uma observação estranha ... "o dia era jovem ..."
Ele sorriu. Sim, ela tinha razão. Essas mulheres tinham tanta imaginação! ...
E, quando Andromeda comentou que tinha uma teoria acerca de tudo aquilo, ele replicou:
"É claro que tem ... você é uma mulher!"

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Temporada Virtual VII-08 - A Little White Lie

Mensagem  Myriam Castro em Ter Nov 11, 2008 12:07 am

Hahahahaha ...
Aquela tirada de Harper foi legal:
"Com a nave ... ahn ... certo ...!"
E, puxa, quanto ciúme essas três têm dele, hein? A ponto de tramar tal plano!

Está vendo, Carmen?
Ainda bem que existe sempre um "esquadrão classe-A" para proteger o nosso herói, não é ...?
Quer saber ...? No lugar delas, eu faria algo bem semelhante!

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Temporada Virtual VII-08 - A Little White Lie

Mensagem  mara em Ter Nov 11, 2008 8:59 am

Que episódio divertido, Myriam! Muito obrigada, querida...Até viajei com eles.
Dylan preocupado com sua reputação...depois do banho de ontem na estória de aniversário da Teresa...posso até entender essa moça que deixou as 3 enciumadas...:leech:

_________________
No one should never give up, ever! Do what makes you happy, what you are passionate about!

mara

Número de Mensagens : 18928
Location : São Paulo, Brasil
Data de inscrição : 02/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Temporada Virtual VII-08 - A Little White Lie

Mensagem  Convidad em Ter Nov 11, 2008 2:31 pm

Oh, Myriam, agora é que eu vou ler, depois deixo as minhas observações aqui. Mas quero ressaltar que por onde eu passo, A Mara só fala naquele banho.... E eu sei que ela quis nos colocar todas lá com ele, eu senti até a tolalha roçando... ai....meus sais....
***************************
Bem, mas é o seguinte Mara, te prepara, porque eu vou colocar todo mundo te espiando na tua fantasia de aniversário... e pode ter certeza de que ela vai pegar fogo!!!!!!!!!!!!!! (oh, não tem uma fogueirinha pra a gente colocar aqui:????)

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Temporada Virtual VII-08 - A Little White Lie

Mensagem  mara em Ter Nov 11, 2008 5:09 pm

Jura, Carmen?...tu devias me agradecer por reportar o banho de Kevin que EU presenciei...
ai, cadê minha estória apimentada com o Soberano?bounce

_________________
No one should never give up, ever! Do what makes you happy, what you are passionate about!

mara

Número de Mensagens : 18928
Location : São Paulo, Brasil
Data de inscrição : 02/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Temporada Virtual VII-08 - A Little White Lie

Mensagem  Myriam Castro em Ter Nov 11, 2008 5:19 pm

Hum ...
Já vi que não é só a Rommie que fica com aquela "mão-boba" ...!

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Temporada Virtual VII-08 - A Little White Lie

Mensagem  Convidad em Ter Nov 11, 2008 5:37 pm

Oh, Mara, tua estória já está aqui guardadinha... Estou curtindo bem palavra por palavra até o dia 25... Pois tu não ficaste me espiando com o Dylan? Estou te espiando desde já...

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Temporada Virtual VII-08 - A Little White Lie

Mensagem  mara em Qua Nov 12, 2008 9:02 am

Tudo bem, espiar tu podes, Carmen...:leech:

_________________
No one should never give up, ever! Do what makes you happy, what you are passionate about!

mara

Número de Mensagens : 18928
Location : São Paulo, Brasil
Data de inscrição : 02/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Temporada Virtual VII-08 - A Little White Lie

Mensagem  Manto Negro em Sab Nov 15, 2008 1:57 pm

Legal Myriam! Cinco filhos hein? Já pensou? rsrsrsrsrs

Adorei!!!

Mara, Carmen, espiar é muito feio, participar é mais educado...
:whistle:

Manto Negro

Número de Mensagens : 2868
Idade : 40
Location : Santa Tereza de Goiás- GO
Data de inscrição : 26/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Temporada Virtual VII-08 - A Little White Lie

Mensagem  Myriam Castro em Sab Nov 15, 2008 5:40 pm

É ...
Aquelas três têm mesmo muita imaginação ... tudo para proteger Dylan!
Também ... ele não tem culpa de ser lindo daquele jeito, tem ...?

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Temporada Virtual VII-08 - A Little White Lie

Mensagem  Manto Negro em Seg Nov 17, 2008 1:45 pm

Não, não tem... mas ele também precisa entender o que as mulheres sentem por ele, elas também não tem culpa disso... :whistle:

Manto Negro

Número de Mensagens : 2868
Idade : 40
Location : Santa Tereza de Goiás- GO
Data de inscrição : 26/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Temporada Virtual VII-08 - A Little White Lie

Mensagem  Myriam Castro em Seg Nov 17, 2008 2:54 pm

É verdade ... cada uma delas, à sua maneira, o ama profundamente, e isso é o que ele tem de mais valioso!:kiss:

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Temporada Virtual VII-08 - A Little White Lie

Mensagem  mara em Seg Nov 17, 2008 3:16 pm

Manto Negro escreveu:Legal Myriam!
Mara, Carmen, espiar é muito feio, participar é mais educado...
:whistle:


Espertinha, não?Evil or Very Mad

_________________
No one should never give up, ever! Do what makes you happy, what you are passionate about!

mara

Número de Mensagens : 18928
Location : São Paulo, Brasil
Data de inscrição : 02/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Temporada Virtual VII-08 - A Little White Lie

Mensagem  Manto Negro em Ter Nov 18, 2008 12:14 pm

Espertinha, eu? :leech:

Manto Negro

Número de Mensagens : 2868
Idade : 40
Location : Santa Tereza de Goiás- GO
Data de inscrição : 26/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Temporada Virtual VII-08 - A Little White Lie

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 7:27 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum