A SAGA - III-22 - Shadows Cast By a Final Salute

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A SAGA - III-22 - Shadows Cast By a Final Salute

Mensagem  Myriam Castro em Qua Out 21, 2009 8:35 pm




Belas capturas começando aqui:
http://s953.photobucket.com/albums/ae17/galeria-saga-andromeda/?action=view&current=322_cap000.jpg

III-22 - SHADOWS CAST BY A FINAL SALUTE
SOMBRAS DE UMA SAUDAÇÃO FINAL

História original de R. Engels


“O Reino era chamado Contrário, o castelo era chamado Dúvida,
Os gigantes gêmeos que lá viviam chamavam-se Engano e Desespero.
Toda mudança no clima trazia Chuva e Esperança.”

O Reduto da Escuridão e da Luz
CY 1015


A Andromeda foi atacada pelos Drago-Kazov, que queriam reaver os ossos de Drago Museveni, há algum tempo roubados por Tyr Anasazi e escondidos num dos porões de carga sem que Dylan soubesse.
E Dylan descobriu que Tyr estava tentando unificar todos os clãs Nietzscheans para fundar um Império, e liderá-los até que seu filho Tamerlane tivesse idade para assumir a chefia.
E Tyr acabou fugindo na Maru, levando os ossos, depois de armar uma escaramuça para a Andrômeda, quando uma tropa de choque abordou a nave e manteve alguns tripulantes como reféns.
Até que Dylan se ofereceu para ir no lugar de seus homens, e foi ter com Tyr, que se escondera em um asteróide, querendo saber por que ele de repente se voltara contra seus companheiros.
Mas Tyr, com ar fanático e cruel, estava irredutível, e embora respeitasse Dylan como um guerreiro como jamais conhecera, não hesitou em querer entregá-lo e à Andrômeda aos Drago-Kazov, para conseguir seus objetivos.
Dylan conversou com ele, apelando para sua honra e para a memória de Drago Museveni, que ele tanto venerava. Drago era um homem honrado, de caráter nobre – ao menos pelo que sabia dele ... - , e queria que a raça que desenvolvesse também fosse assim. Ele citou vários ensinamentos do Progenitor, que aprendera na Academia em Tarn Vedra, e que nortearam boa parte de sua formação militar e moral. Era por isso que às vezes Tyr tinha a nítida impressão de que Dylan tinha sangue Nietzschean nas veias. Mas não ... era apenas que Dylan, como todos os oficiais da Alta Guarda da antiga Comunidade, especialmente aqueles treinados para o comando dos vasos de guerra mais poderosos já construídos, retinham o conhecimento e a sabedoria que eram legado de Drago.
Enquanto isso, Trance revelou a Rommie que pressentia estarem eles perto do fim, embora não pudesse ver com clareza ...
Harper descobriu, analisando alguns arquivos, que Tyr há algum tempo sabotara a Andrômeda com um programa que entraria em funcionamento quando chegasse a hora, e que se alguém que não ele, Tyr, tentasse desativá-lo, explodiria a nave.
A Andrômeda encontrava-se sob o cerco dos Drago-Kazov, e Dylan descobriu que Tyr queria usá-la para eliminar vários clãs de sua própria gente ... o que para ele, Dylan, era inadmissível.
E começou a agir.
Conseguiu convencer Tyr a desfazer a sabotagem, levando-o de volta à Andrômeda e argumentando que montar um império com base no sentimento de vingança e de cobiça seria atitude indigna de Drago Museveni e de seu filho – sim, Dylan sabia que Tyr tinha um filho, e que ele era a reencarnação genética do próprio Progenitor.
Tyr descobriu então que era inútil tentar enganar a mente arguta de Dylan Hunt.
Então, de repente, chegou uma frota da Comunidade, e o Alto Comendo deu ordens específicas a Dylan para não interferir.
Ele e os seus companheiros assistiram, horrorizados, ao caos que se instalou ao seu redor, com as duas grandes frotas destruindo-se uma à outra.
O golpe fora forte ...
Tyr se despedira de todos. Ao chegar à comporta de embarque, encontrou-se com Dylan, que o encarava, o rosto sério e os olhos fixos nos seus. O Nietzschean lhe fez uma saudação, e ele replicou, jogando no ar uma pergunta: “Amigos ou inimigos?”
O outro ainda ficou parado na comporta, os olhos negros fixos nos dele, e suas últimas palavras foram: “Dylan Hunt ... viva bem!”
Tyr se fora, abandonando seus companheiros de tantas batalhas e desaparecendo em turbilhão.
E a Comunidade, com a frota desfalcada por grandes baixas, pareceu enfraquecida.
A frota dos Drago-Kazov seguira Tyr, e ninguém conseguiu descobrir seu paradeiro.
Mas Dylan Hunt sabia que ele estava lá, e que algum dia o veria novamente. Se como amigo ou inimigo, só o tempo diria.

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A SAGA - III-22 - Shadows Cast By a Final Salute

Mensagem  Myriam Castro em Qua Out 21, 2009 8:47 pm

Bem ...
Finalmente Tyr Anasazi mostrou as garras. Agora, todos sabiam quem ele verdadeiramente era.
Mas ele mostrou também que de certa maneira temia Dylan ... pois vira, mais uma vez, que não conseguia enganá-lo. E percebera que Dylan sempre soubera que ele não era de inteira confiança. Embora tentasse integrá-lo à tripulação, e passar para ele os valores que estava ensinando a Beka e aos outros.
Dylan sentiu um certo pesar por Tyr ter rejeitado a proposta de uma vida decente, e um futuro mais digno.
Na verdade, não havia no coração de Dylan uma tendência para o ódio puro e simples. Embora tivesse reservas, Dylan era no fundo um pacifista ... o estado de guerra o entristecia, apesar de sua formação militar.

Com esse, terminamos a III Temporada.
Agora, entramos numa nova fase, com temas e aventuras transcorrendo no novo contexto dos Mundos Conhecidos. E ainda mais emocionante!
Aguardem!

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A SAGA - III-22 - Shadows Cast By a Final Salute

Mensagem  Convidad em Sex Out 23, 2009 12:47 pm

Sem dúvida, Myriam, agora começa a melhor parte!

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A SAGA - III-22 - Shadows Cast By a Final Salute

Mensagem  mara em Sex Out 23, 2009 6:29 pm

Estranho como Tyr balança... arquitetou seu plano pacientemente durante mais de 3 anos, e agora algo lhe diz que ele porá tudo a perder porque Dylan ganahra seu respeito... parece uma missão suicida, em que Tyr teima, mesmo sentindo que deveria ficar... só que já é tarde, ele traiu a todos e não há volta.
Um episódio e tanto!
Obrigada, querida!

_________________
No one should never give up, ever! Do what makes you happy, what you are passionate about!

mara

Número de Mensagens : 18928
Location : São Paulo, Brasil
Data de inscrição : 02/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A SAGA - III-22 - Shadows Cast By a Final Salute

Mensagem  Myriam Castro em Sab Out 24, 2009 8:26 pm

Nessa captura aí colocada, dá para reparar bem, ao fundo, o olhar de Dylan para Tyr ... é uma expressão ao mesmo tempo de desconfiança, decepção e pesar.
Do tipo "Agora é tarde ... você fez sua escolha, e nunca mais poderemos considerá-lo nosso camarada, e muito menos amigo. É um caminho sem volta."

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A SAGA - III-22 - Shadows Cast By a Final Salute

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 2:40 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum