HÉRCULES, A SAGA - III-08 - Prince Hercules

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

HÉRCULES, A SAGA - III-08 - Prince Hercules

Mensagem  Myriam Castro em Sex Maio 21, 2010 5:48 pm



ENGLISH VERSION:

Prince Hercules
On their way to a village festival, Hercules (Kevin Sorbo) and Iolaus (Michael Hurst) come upon a band of thieves attacking an elderly couple. Leaping to their defense, the heroes quickly drive off the attackers. Still concerned about the couple's welfare, however, Hercules volunteers to accompany them on their journey to Kastus, while Iolaus continues on to the festival as planned. Meanwhile, Queen Parnassa (Jane Thomas), the callous ruler of Kastus, conspires with Hera in an evil plot to make Hercules the leader of her bloodthirsty army. Hera causes a sudden and violent storm to appear as Hercules and the couple approach the city. When she hurls a lightning bolt into a tree on their path, one of its branches instantly turns to stone and falls straight down on Hercules' head, knocking him out. A few moments later, he regains consciousness only to discover he has amnesia. Remembering nothing, including his own identity, he decides to continue traveling with the elderly Styros (Tom Agee) and Lahti (Kate Harcourt), hoping something will jog his memory.
Just outside Kastus, the trio is met by Parnassa's soldiers, led by the coldly efficient Lonius (Paul Gittins) and his first lieutenant Garas (David Press). Racing to Hercules' side, they greet him as their long-lost prince, Milius. Shaken and confused by this sudden turn of events, Hercules is taken to the palace where Parnassa rushes into his arms, thanking Hera for the safe return of her "son," as Lonius explains that "Milius" has obviously lost his memory in the war. Hercules is soon introduced to his "wife" Kirin (Sam Jenkins), who is being forced to cooperate in Parnassa's evil ruse, and his "children" Macareus (Nicko Vella) and Protos (Sean Marshall), who were too young to remember their real father when he went off to war. Parnassa's scheme is to deceive Hercules into believing he is her son Milius, who was actually killed in battle years before, so that he will pledge his loyalty to Hera on Equinox Day. The supremely ambitious Parnassa will then have an invincible warrior at the head of her army at last.
Hercules is led through the city on a guided tour, during which Lonius and his soldiers browbeat citizens into "recognizing" their long-lost prince. In an attempt to incite Hercules' wrath against a neighboring province, Lonius engineers an attack on Hercules by a group of his own men, disguised as assassins from the rival territory. The assailants prove no match for the son of Zeus and the skill with which he dispatches them convinces many onlookers that he is far stronger than their missing prince. One such doubter, a strange scarred man (Steve Wright), actually recognizes Hercules and is driven from the city by Lonius' soldiers. The man eventually makes his way to the village festival, where Iolaus has been drafted to judge the grape-picking and grape-crushing race. Iolaus soon learns from the scarred villager that Hercules is in Kastus, dressed in royal robes. Though purple from head to toe as the result of an incident during the wine-making contest, Iolaus sets off to investigate. Upon arriving in Kastus, he finds Hercules walking the streets dressed in royal garb, still unaware of his real identity. Iolaus tries to jog his friend's memory, but Lonius intervenes and persuades Hercules that the strange purple man is merely another foreign assassin. Hercules knocks Iolaus unconscious is about to run him through with a sword when his innate goodness takes over. Instead of killing Iolaus, Hercules orders him freed as a gesture of peace.
A short while later, Iolaus manages to escape death at the hands of Lonius' men, who have been secretly ordered to kill him. He makes contact once again with Hercules, but before he can break through the fog of his friend's amnesia, the royal guards arrive and place him under arrest. Hercules is then taken back to the palace where he and the lovely Kirin, who now share an intense mutual attraction, finally give in to their passion. Falling completely in love with Hercules, the good-hearted Kirin defies Parnassa and sneaks to the dungeon, where she helps to free Iolaus. As Hercules is about to pledge his loyalty to Hera, thus enslaving him to the evil goddess forever, Iolaus and Kirin, disguised as high priests for the Equinox Day ceremony, throw off their robes and beg Hercules to remember who he really is. At the mention of Deianeira's name, Hercules' memory finally returns, and the two heroes quickly defeat Parnassa's forces once and for all. Kirin assumes the throne of Kastus, but the joyous victory is bittersweet as Hercules bids a sad farewell to the new family he has come to love.

Starring: Kevin Sorbo (Hercules), Michael Hurst (Iolaus)
Guest Starring: Sam Jenkins (Kiran), Jane Thomas (Parnassa), Paul Gittins (Lonius), David Press (Garas), Tom Agee (Styros), Kate Harcourt (Lahti), Geoff Houtman (Juris), Michael Bajko (Villager), Steve Wright (Scarred Man), Arch Goodfellow (Old Man), Barry Te Hira (Guard), Sean Marshall (Protos), Nicko Vella (Macareus), Vanessa Valentine (Mountain Maiden)

Teleplay by Robert Bielak
Story by Brad Carpenter
Directed by Charles Siebert


http://www.whoosh.org/epguide/herk/h308_45_prince.html


MORE CAPS/ MAIS CAPTURAS:
http://miroirdarc.com/hercules/s3/prince/


http://s933.photobucket.com/albums/ad177/galeria_saga_Hercules/?action=view&current=princeHerk.jpg




III-08 – PRINCE HERCULES
PRÍNCIPE HERCULES

História original de Brad Carpenter


Hercules e Iolaus estavam a caminho do povoado de Kastus, onde haveria um grande festival, e Iolaus tagarelava sem cessar, entusiasmado, Hercules até achando graça do amigo. Iolaus adorava festivais ... era sempre uma boa oportunidade de se apreciar bons vinhos, boa comida e conhecer lindas garotas.
Mais à frente, na estrada, um casal de idosos era atacado por um bando de salteadores, e os dois heróis foram em socorro deles, afugentando os bandidos. O velhinho disse que estavam a caminho de Kastus. Hercules, então, ofereceu-se para acompanhá-los, já que aquela estrada era perigosa, cheia de salteadores. Ele disse a Iolaus que continuasse para o festival sozinho, e assim que deixasse os viajantes a salvo em seu destino, iria encontrá-lo lá. E assim, os dois se separaram.
Enquanto isso, a Rainha Parnassa, cruel governante de Kastus, estava diante de um altar erigido a Hera, pedindo à deusa que lhe enviasse um líder para o seu exército sanguinário ... até que, subitamente, um sorriso diabólico surgiu em seus lábios. Ela chamou seu general, e ordenou que se preparasse, pois em breve teriam o melhor de todos os guerreiros em suas fileiras: Hercules.
Hercules e os dois idosos conversavam, e a mulher perguntou-lhe o nome. Quando o filho de Zeus ia apresentar-se, o som ribombante do trovão se fez ouvir, e um forte vento soprou. Uma tempestade se aproximava. Não demorou muito, e um raio caiu sobre uma árvore alta, partindo um grosso galho, que parecia ter-se transformado em pedra. O galho veio abaixo, e Hercules, para proteger os viajantes, colocou seu próprio corpo na frente. O galho bateu-lhe em cheio na cabeça, e ele caiu sem sentidos.
Ele acordou alguns minutos depois, atordoado, e tocou o sangue que lhe escorria da cabeça. A velhinha, preocupada, perguntou se estava bem, e ele não se lembrou nem do próprio nome, e muito menos para onde ia. E agora ...?
Na periferia de Kastus, o trio foi interceptado pelos soldados do general Lonius, que correu para Hercules e o chamou de “Vossa Alteza”, alegando que ele era o príncipe Millius, há muito ausente em campanha de guerra. Como Hercules ficasse confuso com toda aquela história, Lonius acrescentou que o príncipe “com certeza havia perdido a memória devido a ferimentos recebidos em combate. Os dois velhinhos, embora também confusos, nada puderam fazer para impedir que levassem Hercules.
Abalado e confuso, o filho de Zeus foi levado ao Palácio, onde sua “mãe”, Parnassa, sua “esposa” Kirin, e seus “filhos”, Macareus e Protos – que eram bebês quando ele partira – o aguardavam. É claro que Kirin sabia que aquele não era o seu esposo, que havia morrido numa batalha há alguns anos (fato cuidadosamente escondido do povo por Parnassa), mas, para a conveniência da sogra, sustentou a farsa. Ela na verdade ficou impressionada com o porte e a bela aparência de Hercules ...
O plano da ambiciosa Parnassa era fazer Hercules acreditar que era mesmo o príncipe Millius, e ela contava com o poder de Hera para incutir isso na mente dele. Ah, não havia o que Hera mais quisesse do que subjugar o odiado filho “bastardo” de Zeus!
Entrementes, Iolaus, sem imaginar o que estava acontecendo, se divertia a valer no festival. Ele ficou um pouco preocupado com o fato de Hercules não ter ainda chegado, mas atribuiu isso ao fato de o amigo estar se assegurando que os dois velhinhos iriam ficar bem. Ele experimentou os melhores vinhos que já provara, mas, quanto às garotas ... bem, parecia não ter a mesma sorte. Ele chegou mesmo a entrar num tonel de uvas para disputar uma bela moçoila, mas acabou sendo pisoteado, e ficou coberto da tintura púrpura das uvas ...
Com a intenção de incitar a ira de Hercules contra uma província vizinha, Lonius o fez enfrentar alguns de seus próprios soldados, caracterizados como salteadores. E construiu uma estranha máquina de guerra. Durante o treinamento, a roda da máquina se quebrou, caindo sobre um dos homens, e Hercules, instintivamente, correu em socorro dele, erguendo sem esforço a máquina para que recolocassem a roda. O filho de Zeus ficou confuso com sua própria força, mas Lonius lhe disse que ele “sempre fora um homem incrivelmente forte”.
Em seguida, levou-o pelas ruas do povoado, obrigando os habitantes a se curvarem diante de seu príncipe. Como quase ninguém se lembrava da aparência do verdadeiro Millius, há muito ausente, Hercules foi mesmo tido como o príncipe desaparecido. Entretanto, um homem que o viu nas ruas, reconheceu-o como Hercules – pois já o tinha visto em outro lugar – e Lonius convenientemente ordenou aos seus soldados que expulsassem o pobre homem da cidade.
Parnassa pretendia manter Hercules para sempre preso à sua vontade, e para isso deveria fazer com que o filho de Zeus se ajoelhasse diante do altar de Hera e lhe confessasse devoção, no Dia do Equinócio. Na verdade, a velha rainha era uma bruxa, e preparou tudo para o dia do ritual.
Algum tempo depois, Iolaus passava pela praça do povoado, quando ouviu um homem conversando sobre ter visto Hercules em pessoa, vestido em trajes reais e se fazendo passar pelo desaparecido Príncipe Millius. Intrigado, Iolaus resolveu investigar.
Ele chegou a encontrar Hercules, e tentou chamá-lo, mas Lonius mandou que seus homens “dessem um jeito naquele mendigo que importunava Sua Alteza”, e Iolaus acabou preso.
Entrementes, Hercules já estava sentindo uma certa atração pela bela Kirin, que aos seus olhos parecia ser uma jovem sofrida. Ela não lhe contou a verdade, mas, por dentro, sentia-se angustiada em ter que participar de toda aquela farsa. Por acaso, soube que um “desordeiro” havia sido preso na cidade aquela tarde, insistindo em ser levado à presença do príncipe.
Naquela noite, Kirin descobriu que também sentia algo por Hercules, acabaram se entregando um ao outro.
Na manhã seguinte, Kirin levantou-se antes dele, e saiu silenciosamente dos aposentos reais. Ela tomara sua decisão, e tinha que agir rápido, pois aquele era o dia do Equinócio, e se Hercules fosse levado ao altar de Hera e se ajoelhasse diante da deusa, estaria tudo acabado ... ela não conseguiria viver com tamanha culpa no coração.
IOlaus estava numa cela, e o carcereiro o chamou dizendo que tinha visitas ... a figura encapuzada que entrou na cela revelou-se uma bela jovem, que lhe disse saber onde estava Hercules, e que ele precisava de sua ajuda. Ela deixou-lhe um punhal, e, fingindo tê-la como refém, Iolaus conseguiu fugir com ela, correndo ambos para o Palácio.
Hercules tinha sido preparado para o ritual, e fora levado para a antecâmara que funcionava como templo, onde o ritual teve início. Alguns sacerdotes encapuzados se colocaram atrás do filho de Zeus, que se ajoelhou e começou a repetir as palavras que Parnassa lhe dizia ...
... até que de repente, dois dos vultos encapuzados se mostraram: Kirin e Iolaus. Eles gritaram para Hercules, tentando fazê-lo voltar à lembrança de quem era, mas não parecia estar funcionando ... até que Kirin, desesperada, aproximou-se e pronunciou o nome da esposa de Hercules, Deianeira, e de seus filhos. Parnassa estava em choque, e não conseguiu se mover, da mesma maneira que Lonius ...
Hercules de repente piscou, e seus olhos azuis cristalinos finalmente brilharam. Ele fitou o altar à sua frente, e, com um brilho de aço nos olhos, gritou: “Hera!” a plenos pulmões. Lonius e seus guerreiros avançaram, e uma luta começou. O altar foi todo despedaçado – uma grande rocha caiu sobre Parnassa, esmagando-a.
Mais tarde, Hercules e Iolaus se despediram de Kirin ... ela parecia triste, pois no fundo queria que Hercules fosse o novo pai de seus filhos. Mas ao mesmo tempo, sabia que isso seria injusto. Hercules não pertencia àquele lugar, e ela não tinha o direito de impedir que ele se fosse. Mas ele, com um beijo gentil, disse que ela devia ter esperanças de dias melhores, e que seria uma boa rainha para o seu povo. Ele se despediu dos dois garotos – que haviam simpatizado com ele, recomendando a eles que tomassem conta de sua mãe.
E assim, os dois amigos novamente se puseram na estrada, de volta para casa.

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HÉRCULES, A SAGA - III-08 - Prince Hercules

Mensagem  Myriam Castro em Sex Maio 21, 2010 6:42 pm

Gostei muito desse episódio.
Ele tem algumas sequências divertidas, com Iolaus levando um "fora" após outro no tal festival.
E novamente vemos Sam Jenkins contracenado com Kevin, formando, como sempre, um lindo casal (ah, aquela cena da cama é imperdível ...). Os olhares de Kevin para ela, cheios de ternura ... eta mulher de sorte, hein?
E Kevin estava verdadeiramente deslumbrante naqueles trajes reais, e também vestido com a túnica cerimonial, diante do altar de Hera.
Quando ele recupera a memória naquele momento e grita o nome da madrasta, uau! ... É arrepiante!

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HÉRCULES, A SAGA - III-08 - Prince Hercules

Mensagem  mara em Sab Maio 22, 2010 9:19 am

E sempre tinha alguém perguntando a Iolaus..."por que você está roxo?"
Kevin está mesmo um príncipe, como ele é... um episódio lindo, não?
Kevin se apaixonou por Sam nesse episódio... pra sempre!
Lindo, Myriam!

https://www.youtube.com/watch?v=hMrsFAsgKSw

https://www.youtube.com/watch?v=CsHq5b4hIKk

https://www.youtube.com/watch?v=lGX6mIKgi7E

https://www.youtube.com/watch?v=aHdZYuFFVIo&list=UUd4PheBQpftnXiir64GtI3Q&index=92

https://www.youtube.com/watch?v=lGX6mIKgi7E&list=UUd4PheBQpftnXiir64GtI3Q&index=116

https://www.youtube.com/watch?v=hMrsFAsgKSw&feature=youtu.be

https://www.youtube.com/watch?v=1iUz7Axkb60

_________________
No one should never give up, ever! Do what makes you happy, what you are passionate about!

mara

Número de Mensagens : 18928
Location : São Paulo, Brasil
Data de inscrição : 02/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HÉRCULES, A SAGA - III-08 - Prince Hercules

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 8:52 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum