HÉRCULES, A SAGA: IV-22 - Reunions

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

HÉRCULES, A SAGA: IV-22 - Reunions

Mensagem  Myriam Castro em Sab Fev 12, 2011 10:27 pm

ENGLISH SYNOPSIS

Hercules returns to Olympus with his father Zeus to become a full god, but is unsure if he has made the right decision to leave behind his old life as a half-mortal. As Zeus gives his awe-struck son a tour of his new home, the two enter the tapestry chamber, the nerve center of Olympus. Emerging onto a catwalk suspended above an endless chasm called the Abyss of Tartarus, Hercules looks below to see scenes from the past stretching off into infinity while the present unravels around them. Peering closer, Hercules is surprised and pleased to see his mother, Alcmene , resting happily in the Elysian Fields. Hercules tells his father that although he is now a god, he still has the need to help people. Zeus reassures his son that he's proud of who he is and doesn't expect him to change. Meanwhile, in the aftermath of Alcmene's death, Iolaus decides it's time to pay a long overdue visit to his mother, Erytheia. Though Erytheia is happy to see him, she initially holds back showing her affection. The reception he gets from his stepfather Pandion, whom he has never even met, is even colder.
In a dark part of Olympus, Apollo materializes to inform his mother Hera that Zeus has made Hercules a god. It turns out that Hera has already heard the news and she assures her son that it won't take much to turn Hercules against his father. Later, as Hercules stands on a bluff overlooking a bustling village, Hera appears to him. Hating the very sight of her, Hercules is immediately hostile. But he soon finds himself paying attention when she suggests that Zeus has an ulterior motive for bringing him to Olympus other than to help mankind. Upon confronting Zeus, Hercules learns that the real reason he was brought to Olympus was to protect his father from Hera and the other gods, who have been conspiring to oust him. Hercules becomes livid and as he turns to walk away, Zeus angrily hurls a bolt of electricity at him. Hercules deflects it and storms off, leaving Zeus alone in his rage. But a short while later, while visiting his mother's grave, Hercules realizes that he can't turn his back on his own father. In the meantime, Iolaus and Erytheia begin to restore their relationship as Erytheia confesses how hurt and lonely she was after Iolaus left home.
Apollo shows up at Alcmene's grave to taunt Hercules, threatening to put a schoolhouse full of children in danger. An irate Hercules follows in hot pursuit. At the same time, Hera confronts Zeus on Olympus. Still enraged by her husband's love for Alcmene, Hera tells him that she no longer needs the help of the other gods to take away his power -- he will simply give it to her. To prove her point, Hera waves her hand and a "window" appears. When Zeus looks inside, he sees Alcmene's spirit writhing in agony as a great wall of fire burns around her. Hera tells him that she's taken Alcmene's spirit from the Elysian Fields and imprisoned it in a private hell where it will remain tormented for eternity unless he surrenders his godhood to her. Zeus ultimately concedes to Hera, crying out in pain as his godhood is ripped away.
Meanwhile, Apollo has set a village schoolhouse ablaze. Iolaus suddenly arrives and sees Hercules. Together again, they fight to save the innocents. As Apollo continues to careen around on his sunbeam wreaking havoc, Hercules realizes that the young god has been sent to distract him. Apollo confirms that the real action has been taking place on Olympus where Hera has reduced Zeus to a mere mortal. Hercules leaves Iolaus and heads to Corinth in search of his father. Soon Pandion arrives and reconciles with Iolaus after he sees all the good he is doing. Hercules reaches Corinth and finds Zeus in a tavern, completely drunk. Knowing he is in danger, Hercules attempts to drag his father out of the tavern, but Ares, ordered by Hera to kill Zeus, suddenly appears and launches a ball of energy at Zeus which blows a hole through the bar. Hercules and Ares square off in a spectacular fight. Soon the tavern begins to creak and sway and ultimately collapses, burying Zeus. Ares disappears as Hercules runs to his father's rescue and carries his broken body to a hilltop clearing. When Zeus comes to, Hercules tells him that he must retrieve his godhood from Hera. Together, they go to the dark side of Olympus where Hercules defends himself against Hera and Apollo. Hercules is able to take care of Apollo, but Hera eventually pins him against the edge of the catwalk hovering over the chasm. The two battle ominously close to the edge, but Hercules succeeds in hurling Hera into the Abyss of Tartarus forever, restoring Zeus' godhood. Hercules then tells Zeus that he has decided to become half-mortal again and leaves his father to rejoin his best friend Iolaus. Iolaus becomes tear stricken when Hercules tells his best friend that he left Olympus to be with him -- his family. As the two friends head off for more adventures, Iolaus asks Hercules about Olympus and Hera. Hercules smiles as he reveals that his stepmother is history.

Written by Jerry Patrick Brown & Roberto Orci & Alex Kurtzman

http://lhwo.hostrator.com/hercules/hindex.htm
http://www.whoosh.org/epguide/herk/h422_81_reunions.html

CAPS/CAPTURAS:
http://s990.photobucket.com/albums/af22/galeria-saga-hercules2/?action=view&current=REUNIONS.jpg


IV – 22 - ENCONTROS

História original de Jerry Patrick Brown, Roberto Orci e Alex Kurtzman


Hércules retornou ao Olimpo com seu pai Zeus, para se tornar um deus completo, mas estava incerto se tinha tomado a decisão certa ao deixar para trás sua antiga vida como meio mortal. Enquanto Zeus dava com seu bem-constituído filho uma volta pelo seu novo lar, os dois entraram numa luxuosa câmara atapetada, o centro nervoso do Olimpo. Emergindo de uma plataforma suspensa sobre um poço sem fim chamado Abismo de Tartarus, Hércules olhou para baixo, para ver cenas do passado estendendo-se pelo infinito enquanto o presente flutuava ao redor deles. Aproximando-se mais, Hércules ficou surpreso e feliz em ver sua mãe, Alcmene, repousando tranquilamente nos Campos Elísios. Hércules disse ao seu pai que, embora agora fosse um deus, ele ainda sentia a necessidade de ajudar as pessoas. Zeus lhe assegurou que tinha orgulho de quem ele era e que não esperava que ele mudasse.
Enquanto isso, no mundo dos mortais, após a morte de Alcmene Iolaus decidiu que era tempo de fazer uma visita à sua própria mãe, Erytheia. E apesar de Erytheia ficar feliz em vê-lo novamente, não demonstrou muita afeição. A recepção que ele teve de seu padrasto, Pandion, e que ele nunca conhecera, foi ainda mais fria.
Na parte mais escura do Olimpo, Apollo materializou-se para informar sua mãe, Hera, que Zeus tinha feito de Hércules um deus. Mas parecia que Hera já soubera da notícia, e assegurou ao seu filho que não levaria muito tempo para colocar Hércules contra seu pai.
Mais tarde, enquanto Hércules observava um certo povoado em alvoroço, Hera apareceu para ele. Detestando vê-la ali na sua frente, Hércules mostrou-se imediatamente hostil. Mas logo se descobriu prestando atenção nela, quando ela insinuou que Zeus tinha um motivo obscuro para trazê-lo para o Olimpo, mais do que para ajudar a humanidade. Ao confrontar Zeus, Hércules ficou sabendo que a real razão pela qual fora trazido ao Olimpo era para proteger seu pai de Hera e dos outros deuses, que vinham há muito conspirando para depô-lo. Hércules ficou lívido, e quando virou-se para se retirar, o irado Zeus lhe lançou um raio. Hércules repeliu-o, e simplesmente desapareceu, deixando Zeus sozinho com sua ira. Porém, algum tempo depois, enquanto ia visitar o túmulo de sua mãe, Hércules percebeu que não podia voltar as costas ao seu próprio pai.
Enquanto isso, Iolaus e Erytheia começam a reatar seu relacionamento, e ela lhe confessava o quanto sentira-se triste e solitária depois que seu filho partira.
Apollo apareceu ao lado do túmulo de Alcmene para atormentar Hércules, ameaçando colocar uma creche cheia de crianças em perigo. Um irado Hércules seguiu-o em frenética perseguição. Ao mesmo tempo, Hera confrontava Zeus no Olimpo. Ainda enraivecida com o amor de seu esposo pela morta Alcmene, Hera lhe disse que não teria mais necessidade da ajuda dos outros deuses para retirar-lhe o poder – ele simplesmente ia entregá-lo a ela. Para provar o que afirmava, Hera fez um movimento com a mão e uma “janela” surgiu na frente deles. Quando Zeus olhou para dentro da mesma, viu o espírito de Alcmene contorcendo-se em agonia enquanto uma enorme parede de fogo erguia-se sobre ela. Hera disse ainda que ia tirar o espírito de Alcmene dos Campos Elísios e aprisioná-la num inferno particular onde haveria tormento eterno, a menos que ele lhe entregasse sua divindade. Zeus então rendeu-se a Hera, gritando de dor enquanto seus poderes eram–lhe retirados.
Enquanto isso, Apollo havia incendiado a creche de um povoado. Iolaus subitamente chegou e viu Hércules. Mais uma vez juntos, eles lutaram para salvar vidas inocentes. Enquanto Apollo continuava a semear o caos, Hércules percebeu que o jovem deus tinha sido enviado para distraí-lo. Apollo confirmou que a ação real acontecia no Olimpo, onde Hera tinha reduzido Zeus a um simples mortal. Hércules deixou Iolaus e tomou a direção de Corinto, em busca de seu pai. Logo depois que partiu, Pandion chegou e reconciliou-se com Iolaus ao ver todo o bem que tinha feito.
Hércules alcançou Corinto e encontrou Zeus numa taverna, completamente embriagado. Sabendo que seu pai estava em perigo, Hércules tentou arrastá-lo para fora da taverna, mas Ares, enviado por Hera para matar Zeus, subitamente apareceu e lançou uma bola de fogo, que abriu um buraco no bar. Hércules e Ares envolveram-se numa luta espetacular. Não demorou muito e a taverna começou a ruir, finalmente desabando e soterrando Zeus. Ares desapareceu, e Hércules correu para resgatar seu pai, carregando o corpo quebrado para uma clareira afastada. Quando Zeus recobrou os sentidos, Hércules lhe disse que devia ir retomar sua divindade de Hera.
Juntos, pai e filho foram ao lado escuro do Olimpo, onde Hércules teve que defender-se de Hera e Apollo. Ele conseguiu dar conta de Apollo, mas Hera o colocou bem na borda da plataforma, suspensa sobre o Abismo. Os dois lutaram ferozmente, próximos da beira, mas Hércules conseguiu vencer, lançando Hera para o Abismo de Tartarus para sempre, restaurando a divindade de Zeus. Hércules então disse ao pai que ele tinha decidido tornar-se novamente meio-mortal, e deixou Zeus para reunir-se ao seu velho amigo Iolaus. Este ficou muito feliz quando Hércules lhe disse que deixara o Olimpo para retornar e ficar com ele – sua família.
E enquanto eles partiam para novas aventuras, Iolaus perguntou sobre o Olimpo e Hera. Hércules sorriu ao lhe revelar que sua madrasta agora era apenas História.

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HÉRCULES, A SAGA: IV-22 - Reunions

Mensagem  Myriam Castro em Sab Fev 12, 2011 10:42 pm

I think this episode was very impressive ... the scenes of fight between Hercules and Apollo, one of his immortal half-brothers, were amazing.
Very interesting they showed Apollo as a "bad guy" ... I thank he was a good god - in ancient Greek Myth, he was the sun, wasn't he? -, and not he hated Hercules that bad.
Eu achei este episódio muito impressionante ... as cenas da luta entre Hércules e Apollo, um de seus meio-irmãos imortais, foram sensacionais.
Foi muito interessante terem mostrado Apollo como um "mau sujeito" ... eu achava que ele era um deus bom - na antiga Mitologia Grega, ele não era o Sol? -, e não que odiasse tanto Hércules. Shocked
https://www.youtube.com/watch?v=Eyl_FPVsuJY

https://www.youtube.com/watch?v=yLDJpb-EIso

https://www.youtube.com/watch?v=HRlcEB29NWA

https://www.youtube.com/watch?v=Eyl_FPVsuJY

https://www.youtube.com/watch?v=AZWT-TbzfuU

https://www.youtube.com/watch?v=8h8vK7zw4KE

https://www.youtube.com/watch?v=AqkZ0wE2TGc

https://www.youtube.com/watch?v=8h8vK7zw4KE&feature=youtu.be

https://www.youtube.com/watch?v=8h8vK7zw4KE&list=PLtRm9Y_srMGXGU2UXTyrOcASZmkiocVbv&index=3

https://www.youtube.com/watch?v=jXd2bJWA354

https://www.youtube.com/watch?v=nzRbWWLJFHo&index=37&list=UUd4PheBQpftnXiir64GtI3Q

https://www.youtube.com/watch?v=TiODvjq8sDY&feature=youtu.be

https://www.youtube.com/watch?v=AqkZ0wE2TGc&feature=youtu.be

https://www.youtube.com/watch?v=Eyl_FPVsuJY

https://www.youtube.com/watch?v=HRlcEB29NWA

https://www.youtube.com/watch?v=jXd2bJWA354&feature=youtu.be

https://www.youtube.com/watch?v=HRlcEB29NWA

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum