HERCULES, A SAGA: III-16 - the Lost City

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

HERCULES, A SAGA: III-16 - the Lost City

Mensagem  Myriam Castro em Sex Jul 16, 2010 5:03 pm




ENGLISH VERSION:
The Lost City


Searching for a lost gold mine in Melatonin province, Salmoneus (Robert Trebor) comes upon an abandoned temple in which he finds a pile of gold bullion. But as he steps into a dark passageway, he falls down an unseen shaft and drops from sight. Several weeks later, Iolaus (Michael Hurst) and Moria (Fiona Mogridge), a feisty young reporter-in-training, seek shelter in that same temple while searching for Iolaus' missing cousin Regina (Amber Sainsbury). Inside they are ambushed by four scruffy-looking bandits, demanding gold. Iolaus, with the help of the quick-thinking Moria, soon manages to drive them off. Weary from their ordeal, the two hungry travelers are delighted to find large sacks of food and casks of wine in the temple, and sit down to enjoy a meal. Later that night, Moria shakes Iolaus awake to show him that all the remaining food has been removed from the temple and a small pile of gold bullion has appeared. When Iolaus steps into a dark passageway to take a closer look at the gold, he disappears down the same shaft which claimed Salmoneus weeks before. Moments later, Moria follows.
When Iolaus and Moria hit the bottom of the shaft, they find themselves in an underground city, bathed in eerie golden light. Iolaus is astonished to see a benevolent-looking Salmoneus approach with a welcoming committee, and is mystified when Salmoneus fails to recognize him. Spouting the words "peace and love" at every opportunity, Salmoneus proceeds to give him and Moria a grand tour of what appears to be a utopian community. The inhabitants, who mine gold which they trade with the outside world for food, seem totally content. Kamaros (Matthew Chamberlain), their ruler, pretends to have their best interests at heart, but Iolaus and Moria soon find out that he is a master at mind control, who has manipulated his subjects with opiate-laced food. Shrouded in false spirituality, Kamaros has even managed to convince his people that Lorel (Hannah Malloch), a ten-year-old girl, reigns as supreme god.
As Iolaus and Moria set about trying to learn all they can about the commune, they run into Iolaus' cousin Regina. Kamaros' brainwashing techniques and drugs have erased her memory and Iolaus is stunned when she doesn't remember him. Heading off with Salmoneus for a tour of the gold mines, Iolaus tries to break through his companion's defenses, but is unsuccessful. He urges him, as well as others in the community including Regina, to stop eating for a while to avoid being drugged, promising they will regain their memories if they do so. Meanwhile, Moria runs into Lorel's beautiful but distraught 20-year-old sister Aurora (Marama Jackson), who confesses that she is desperate to save her little sister from the clutches of Kamaros. She explains that her family was from a neighboring village which provided food to the commune in exchange for gold, and that she was tricked by the cult leader's enormous charisma. Fortunately, while pretending to play along, she was able to resist being programmed and drugged.
When Iolaus returns from his tour, Moria introduces him to Aurora and he soon sets a plan in motion to rescue Lorel and the rest of Kamaros' followers. Stealing into Lorel's room, he finds the sedated little girl bathed in an unearthly light. But when he attempts to escape with her, he is stopped by Kamaros, who shoots him with a poisoned dart. Gasping for breath, he is dragged to the madman's "reprogramming room" to be "re-educated" through drugs, hypnosis, sleep deprivation and other assorted tortures. When Iolaus emerges, he speaks as if he's been totally reprogrammed, but he has actually resisted being brainwashed through his knowledge of meditation. The truth surfaces when Kamaros captures Moria and spirits her off to be reprogrammed, whereupon Iolaus becomes his old self in a spectacular fight with the madman and his guards. Salmoneus, who is back in his right mind having fasted for a while, joins in the fray, hurling heavy gold bars at the heads of Iolaus' assailants. When Iolaus grabs one of Kamaros' swords, he recognizes the emblem on its handle and realizes that Kamaros is none other than Karkis, the murdering Butcher of Thessaly. As Salmoneus and the ladies leave to spread the truth about Kamaros throughout the commune, Karkis reveals that he has the "Lost City" rigged so that it will self-destruct and crumble at his command. Only he knows the secret escape route. In a daring last-minute maneuver, Iolaus manages to kill Karkis and save the underground commune dwellers from a massive cave-in and years of continued oppression.
Starring: Kevin Sorbo (Hercules), Michael Hurst (Iolaus)
Guest Starring: Robert Trebor (Salmoneus), Fiona Mogridge (Moira), Matthew Chamberlain (Kamaros/Karkis), Marama Jackson (Aurora), Amber Sainsbury (Regina), Hannah Malloch (Lorel), Andrew Kovacevich (Bystander), Jeremy Curry (Assistant)

Teleplay by Robert Bielak
Story by Robert Bielak & Liz Friedman
Directed by Charlie Haskell


http://www.whoosh.org/epguide/herk/h316_53_lost.html


CAPS/ CAPTURAS:
http://miroirdarc.com/hercules/s3/lostcity/

http://s933.photobucket.com/albums/ad177/galeria_saga_Hercules/?action=view&current=lostcity-2.jpg



III-16 – THE LOST CITY
A CIDADE PERDIDA

História original de Robert Bielak e Liz Friedman


Em busca de uma lendária mina de ouro perdida na província de Melatonin, Salmoneus chegou a um templo abandonado no qual descobriu uma pilha de barras de ouro. Porém, enquanto caminhava por dentro de uma espécie de passagem, o chão firme lhe fugiu, e ele caiu em um poço escuro, um tipo de sumidouro, desaparecendo.
Algumas semanas mais tarde, Iolaus e uma certa Moria, uma jovem que era escriba e historiadora, estavam à procura de uma prima de Iolaus, Regina, e por acaso se abrigaram naquele mesmo templo. E ao entrarem, foram emboscados por bandidos, que exigiram ouro.
Iolaus, com a ajuda da jovem – que sempre pensava rápido -, logo conseguiu afugentá-los. Fatigados e famintos, os dois viajantes acabaram encontrando uma grande quantidade de alimentos e até ânforas de vinho no templo, e sentaram-se para compartilhar a refeição.
Lá pelas tantas, Moria acordou Iolaus para lhe mostrar que toda a comida que restara tinha sido removida do templo, e uma pequena pilha de barras de ouro lá estava misteriosamente. Quando Iolaus caminhou para um corredor escuro, curioso para olhar mais de perto para o ouro, ele desapareceu no mesmo sumidouro por onde Salmoneus caíra semanas antes. Não demorou muito, e Moria o seguiu.
Quando Iolaus e Moria chegaram ao fundo do “poço”, encontravam-se numa cidade subterrânea desconhecida, banhada em suave claridade dourada. Iolaus ficou surpreso em ver um Salmoneus de aparência benevolente se aproximar com um comitê de boas-vindas, e mais ainda quando ele não o reconheceu. Dizendo palavras as “paz e amor” a cada frase, Salmoneus se adiantou para acompanhar os dois atônitos visitantes a uma grande excursão pelo que parecia ser uma utópica comunidade. Os habitantes, que garimpavam ouro e trocavam no mundo exterior por comida, pareciam totalmente alienados. Um tal Kamaros, seu líder, fingia ter as melhores intenções, mas Iolaus e Moria logo descobriram que ele era, na verdade, um mestre no controle da mente, e que manipulava seus “pupilos” com comida “enriquecida” por ópio. Acobertado por falsa espiritualidade, Kamaros tinha mesmo conseguido convencer seu povo que Lorel, uma garotinha de dez anos de idade, reinava como deusa suprema.
Enquanto Iolaus e Moria procuravam aprender tudo o que podiam sobre a comunidade, eles tentavam encontrar Regina, a prima de Iolaus. Acabaram por encontrá-la, e perceberam que as técnicas de lavagem cerebral de Kamaros e as drogas haviam afetado a memória dela, e Iolaus ficou chocado quando ela não o reconheceu. Acompanhando Salmoneus em uma excursão até as minas de ouro, Iolaus tentava também tentava fazê-lo volta à razão, mas não conseguiu. Ele o chamava, assim como aos outros na comunidade, incluindo Regina, e tentava demovê-los de comer a comida, para que não ficassem drogados, assegurando-lhes que eles recuperariam sua memória se o ouvissem.
Enquanto isso, Moria ia até a irmã de Lorel, uma jovem de 20 anos de idade, bonita porém perturbada, cujo nome era Aurora. Que lhe confessou que estava desesperada para salvar sua irmãzinha das garras de Kamaros. Ela explicou que sua família era de um povoado nas redondezas, que abastecia a comunidade de alimentos em troca do ouro, e que ela foi enganada pela conversa envolvente do carismático líder. Felizmente, enquanto fingia estar dominada, ela fora capaz de resistir a ser drogada e ter sua mente controlada.
Quando Iolaus retornou de seu “tour”, Moria o apresentou a Aurora, e ele logo bolou um plano para resgatar Lorel e todos os outros seguidores de Kamaros.
Entrando escondido nos aposentos de Lorel, ele encontrou a garota banhada por uma misteriosa luz. Porém, quando ele tentou escapar com ela, foi impedido por Kamaros, que o atingiu com um dardo envenenado. Arqujando para respirar, Iolaus foi arrastado para a “sala da reprogramação” para ser “reeducado” através de drogas, hipnose, privação do sono e outras torturas diversas.
Algum tempo depois, quando Iolaus saiu da tal sala, estava mudado, e falava como se tivesse sido completamente reprogramado, mas na verdade ele conseguiu resistir à lavagem cerebral, graças ao seu conhecimento de meditação oriental. A verdade veio à tona quando Kamaros capturou Moria e a levou para a tal “sala” para ser reprogramada, e Iolaus voltou a ser ele mesmo, numa luta espetacular com o louco e seus guardas.
Entrementes, Salmoneus, que estava de volta à sua razão, juntou-se à refrega, arremessando pesadas barras de ouro que atingiam a cabeça dos contendores de Iolaus e os punham fora de combate.
Quando Iolaus agarrou uma das espadas de Kamaros, ele reconheceu o emblema na empunhadura, e percebeu que Kamaros era nada menos que Karkis, “o Açougueiro da Tessália”, um assassino cruel muito conhecido. Enquanto Salmoneus e as mulheres saíram a espalhar a verdade sobre Kamaros por toda a comunidade, Karkis revelou que tinha a “Cidade Perdida” cheia de armadilhas, e assim podia facilmente destruí-la. Apenas ele sabia o caminho secreto para escapar. Em um ousado e rápido movimento, Iolaus conseguiu matar Karkis e salvar a comunidade subterrânea de uma prisão e anos de contínua opressão e trabalho escravo.

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HERCULES, A SAGA: III-16 - the Lost City

Mensagem  Myriam Castro em Sex Jul 16, 2010 5:08 pm

Episódio interessante, parece uma mistura de "Alice no País das Maravilhas" com "Horizonte Perdido" ...
Só que, naquele caso, não era um sonho, mas sim a bem engendrada armadilha de um indivíduo cruel e ambicioso.
Salmoneus ficou muito engraçado ... aliás, todos os espisódios em que ele aparece há sequências divertidas.
E mais uma vez vemos referência a Iolaus ter alguma experiência com técnicas de meditação oriental. Ele nunca explicou isso com detalhes, nem mesmo a Hércules ...

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HERCULES, A SAGA: III-16 - the Lost City

Mensagem  mara em Sab Jul 17, 2010 9:19 am

Esse episódio, originalmente, tinha sido feito para Kevin...Hércules é que deveria passar por todo esse sofrimento, como auto-punição por ter deixado Serena morrer (em sua opinião). Ele estava cheio de culpa e arrependimento.
Contudo Kevin precisou se ausentar e o filme acabou ficando com Iolaus.
Valeu, querida, como sempre!  

https://www.youtube.com/watch?v=mVB1VFPrRvs&list=UUd4PheBQpftnXiir64GtI3Q&index=97

_________________
No one should never give up, ever! Do what makes you happy, what you are passionate about!

mara

Número de Mensagens : 18928
Location : São Paulo, Brasil
Data de inscrição : 02/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HERCULES, A SAGA: III-16 - the Lost City

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 7:17 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum