HÉRCULES, A SAGA - I-06 - As Darkness Falls

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

HÉRCULES, A SAGA - I-06 - As Darkness Falls

Mensagem  Myriam Castro em Sab Set 19, 2009 1:52 pm




ENGLISH VERSION:
As Darkness Falls


The episode opens at night with a Centaur, Nemis, praying at Hera'a altar. He declares he's willing to do "anything" in order to win "the beautiful Penelope". Hera is obviously impressed by this, as a very nasty-looking spiked club appears on the altar. Nemis is pleased by this sign and asks Hera who she wants him to kill.

Daylight, and Hercules encounters a soldier, Tyron, returning from the war. Tyron is dragging two sets of armor on a sledge: Hercules offers to help him carry it but his help is refused. Tyron explains that the second set of amour was his friend's: a friend who was killed as a result of Tyron's cowardice. He's taking it home to the dead man's family. Hercules understands, and continues his journey alone.

Two Centaurs, Craesus and Deric are practicing archery while the beautiful Lyla watches. These guys are *good*. They've been invited to a wedding: Craesus isn't too happy about this: they've been seated some distance from the wedding party and he feels this is an insult. Deric seems happy to have been invited at all. Their practice session is interrupted by Nemis, who orders Lyla to prepare some sort of drugged wine. "Hera has given me the power to win the hand of Penelope," he announces. "And with this [the club] I will avenge my brother's death!" He thinks he's going to kill Hercules.

Hercules meets Salmoneus on the road. He doesn't seem pleased to see him. Salmoneus has given up on selling togas and is into Real Estate. He's hoping Herc will help him drain a swamp he's just bought. Hercules isn't interested, but Salmoneus doesn't want to take no for an answer. Arriving at the wedding, Hercules tells Salmoneus (firmly) not to hustle the guests. It's Salmoneus' turn to be unhappy. After greeting the bride, Hercules watches one of the centaurs (Craesus) throwing a javelin. Craesus challenges Hercules to a competition and Hercules accepts. Salmoneus immediately starts taking bets. Predictably, Hercules wins, which seems to impress Lyla, who's been watching from the sidelines.

Lyla drags Hercules away from Salmoneus by offering to show Hercules the best "view" in the area. When she gets Hercules alone she offers hima drink and makes a not-exactly-subtle pass...they share one very steamy kiss but that's all, and Lyla doesn't seem too upset when he turns her down. As our hero leaves, Lyla pours away therest of the wine -- it eats into the plant like acid.

When we next see Hercules, he's not feeling too well. He tries to tell Salmoneus, but the guy's not listening. Deric overhears a couple of women complaining about the presence of "beasts" (ie Centaurs) and has some fun playing up to their prejudices, until he sees Hercules watching him and goes to talk with him instead. He's obviously expecting Hercules to display the same attitude, but Hercules was educated by a Centaur, and is quite friendly toward Deric. Deric challenges him to a friendly archery contest and again Hercules accepts the challenge. But Hercules is having real trouble with his eyesight. Somehow, he manages to hide his growing blindness and the contest is a draw. Salmoneus is still taking bets. Deric doesn't get it: Lyla's potion should have "incapacitated" Hercules by now.

Hercules asks Penelope about Lyla and learns that the two women used to be best friends...until Lyla changed and began associating with the centaurs. Hercules tells her that's not a crime, but Penelope says it is to many people. At this point their conversation is interrupted by the arrival of the Centaur Nemis. He's obviously an uninvited guest, and Hercules recognizes him at once: Nemis is the twin brother of Nessus, the Centaur Hercules killed for trying to rape Deianeira. Hercules is not happy to see him. Neither is Penelope, nor her husband-to-be.

The arrival of Tyron, still dragging his sled of armor disrupts proceedings still further. His dead friend's family are at the wedding and demanding an explanation. Tyron's story makes it clear that he blames himself, and he is accused of cowardice. It's about to turn into a major fight when Hercules intervenes. Hercules deals with these guys easily enough, but while he's distracted by that fight, the Centaurs make their move, Nemis abducts Penelope, and Craesus takes Cheris, the maid of honor as his "trophy"...apparently Cheris is Tyron's sister. Hercules is unable to stop them. He is blind.

The Centaurs take their prisoners to a cave and chain them up. Lyla is kissing Deric -- boy, that woman gets around! Nemis tells Penelope that when he kills Hercules she'll feel differently about him. He's obviously as crazy as his brother was.

Marcus (the groom) and Tyron guide Hercules across country following the Centaurs, with Salmoneus along "to be Hercules' eyes". Hercules is getting depressed about his blindness ("How am I supposed to help people if I'm the one who needs help?") Salmoneus tries to cheer him up but doesn't have much luck. The group is attacked by the Centaurs: Craesus and Deric with longbows. Hercules, with help from Salmoneus, kills Craesus with an arrow, but Nemis rolls a huge boulder down the hill toward them. Tyron saves both Marcus and Hercules, but in doing so in killed by the boulder. Hercules finally realizes that Nemis is after vengeance for his brother's death and resolves to go after him, but after dark when his blindness won't be a handicap. In the meantime, he is going to give Tyron a hero's burial.

At sunset, Deric and Lyla find Hercules beside Tyron's grave. Lyla tells Hercules that the effect of the potion will wear off in a couple of days and Deric tries to persuade Hercules to wait until then before going after Nemis. "You're no match for him now...Hera has given Nemis a special club." But Deric's mention of Hera makes Hercules even more determined.

In the darkness, Hercules is able to find Nemis' cave by following the sound of Penelope's voice: she is trying to persuade Nemis to free them. Nemis hears someone outside the cave and goes to look. He can hear Salmoneus (who has followed Hercules) moving around and shoots at him. Meanwhile, Hercules has sneaked into the cave. He manages to free Cheris, but before he can free Penelope Nemis returns. Hercules and Nemis fight -- that club is deadly. So deadly in fact that it sets off what looks like a minor earthquake: the cave begins to crumble. While the fight is going on, Cheris is trying to free Penelope but she can't do it. Eventually, Hercules overturns a cooking pot over Nemis' fire, plunging the whole cave into darkness: now they're both blind. Hercules wounds Nemis and tries to hold up the roof of the cave while Cheris frees Penelope. Nemis comes up behind him: Herc is an easy target, but rather than kill him, Nemis helps him hold up the roof, telling Hercules to help Penelope. Hercules breaks the last of Penelope's chains with his hands (why didn't he do that before?). Both women escape, but Hercules cannot save Nemis: the cave collapses on him.

Outside the cave, Hercules tells Penelope that Nemis really loved her. "I know," she replies, "I'm just sorry love led him so far astray."

Daylight, presumably the next day, and Hercules is ready to leave. Seems he has his sight back. He gives Tyron's sword to Cheris, telling her that it's a symbol of her brother's courage and he would want her to have it. Both Penelope and Marcus thank Hercules for his help. Salmoneus is thrilled because he's made a bundle on bets: everyone thought the Centaurs were going to win. Hercules then explains that according to local custom, the bride and groom collect all gambling winnings. He than hands over a lot of Salmoneus' dinars to Penelope. Salmoneus is not happy, and he follows Hercules as he leaves, still complaining.

Starring: Kevin Sorbo (Hercules)

Guest Starring: Robert Trebor (Salmoneus), Cliff Curtis (Nemis), Jacqueline Collen (Penelope), Lucy Lawless (Lyla), Peter Muller (Deric), Mark Ferguson (Craesus), Matthew Humphrey (Marcus), Buzz Moller (Tyron), Fiona Mogridge (Cheris), Maya Dalziel (Mother), Jonathon Bell-Booth (Brother #1), Mervyn Whitley Jr. (Brother #2), Paul Norell (Spotter)


Written by Robert Bielak
Directed by George Mendeluk

http://www.whoosh.org/epguide/herk/h106_asdark.html




mais capturas começam aqui:
http://kevinsorbo.forumotion.com/t735p50-kevin-sorbo-hercules-universe#40911

http://s933.photobucket.com/albums/ad177/galeria_saga_Hercules/?action=view&current=herk106.jpg


I -06 - AS DARKNESS FALLS
ENQUANTO CAEM AS TREVAS

História original de Robert Bielak


Sozinho num dos salões da caverna que lhe servia de abrigo, o centauro Nemis fazia uma prece à poderosa Hera, pois desejava ardentemente uma jovem chamada Penélope, que estava prestes a se casar. Hera, entretanto, pediu-lhe um preço ... ela queria que ele executasse uma missão para ela. E logo, na rocha que servia de altar tosco, surgiu um grande tacape, guarnecido com espinhos em forma de ganchos afiados. Nemis sorriu, e perguntou à deusa quem ela queria que ele matasse.
Era uma bela manhã, e Hercules, que caminhava por uma estrada com destino a um lugar onde haveria uma festa de casamento, encontrou um jovem soldado, de aparência cansada, arrastando um pesado armamento numa padiola. Ele retornava da guerra, e Hercules se ofereceu para ajudá-lo, mas o rapaz, que se chamava Tyron, com o rosto sombrio de pesar e tristeza, recusou e explicou que aquelas eram as armas de um amigo que havia morrido em combate, tentando salvar-lhe a vida – e Tyron se culpava de ter sido o responsável pela morte. Ele ia devolver o armamento para a família do morto. Hercules compreendeu, e, desejando-lhe boa sorte, continuou seu caminho.
Enquanto isso, dois centauros, Craesus e Deric, praticavam arco-e-flecha, enquanto a bela Lyla – que era humana – assistia. Eles eram criaturas pacíficas, e haviam sido convidados para o casamento de Penélope, que era amiga de Lyla. Craesus não estava muito feliz em ter que ficar a uma certa distância dos demais convidados, pois ainda havia certo preconceito contra essas criaturas meio homens, meio cavalos. Então, Nemis surgiu e disse a Lyla que preparasse uma certa porção de vinho com veneno. Explicou que Hera havia lhe dado o poder para conquistar a mão de Penélope, porém o incumbira de matar Hercules. Era sua chance de, além de conquistar sua amada, vingar a morte de seu irmão Nessus (o centauro uma vez tentara violentar Deianeira, esposa de Hercules, e este o matara) – e brandiu a arma que a rainha dos deuses lhe dera. Lyla, Craesus e Deric se entreolharam ...
Mais adiante, na estrada, Hercules encontrou seu velho conhecido Salmoneus, que havia desistido do negócio de venda de togas e resolvera lidar com a venda de terrenos. Ele soubera que aquela era uma região promissora, e até gostaria que Hercules o ajudasse a drenar um pântano que ele acabara de comprar. Mas Hercules não estava muito interessado. Salmoneus também ia ao casamento, na esperança de conseguir fazer “bons negócios”.
Quando chegaram ao local – uma bela campina -, Hercules cumprimentou os noivos – que ele conhecia de longa data – juntou-se aos convidados. Craesus desafiou-o amigavelmente para uma competição de arco-e-flecha, e Salmoneus viu aí uma ótima oportunidade de ganhar uns trocados. É claro que Hercules venceu ... e isso pareceu impressionar Lyla, que o observava de longe. Ela se aproximou dele e o convidou a tomar algo com ela e assistir à cerimônia de um ponto privilegiado. Ela ofereceu-lhe um cálice de vinho, que ele chegou a bebericar, e começou a se insinuar para ele. Hercules a beijou, mas foi só. Ele disse que não se sentia muito bem em deixar pelo mundo afora uma porção de filhos sem pai ... e Lyla entendeu, pela expressão dos olhos impressionantemente azuis dele, que era um homem sincero e leal. Sem que ele percebesse, ela jogou o restante do vinho em um vaso de plantas ... e as plantas simplesmente murcharam.
Algum tempo depois, Hercules começou a sentir os efeitos do veneno. Ele tentou dizer a Salmoneus, mas o amigo nem lhe prestava atenção. Em outra parte da campina, alguns convidados não pareciam satisfeitos com a presença daquelas “bestas” – os centauros. E logo o clima foi ficando meio “carregado”.
Deric desafiou Hercules novamente, e o filho de Zeus, mesmo sentindo-se tonto, e não conseguindo firmar a vista, aceitou o desafio. Ele percebeu que estava ficando cego, mas nada disse a Salmoneus. Ele conseguiu acertar o alvo, e Deric soube que a poção não funcionara a contento. Ele foi ter com Lyla, que lhe explicou que somente lhe dera uma dose menor, pois receava matá-lo e incorrer na ira de Zeus.
Conversando com Penélope, Hercules soube que ela e Lyla costumavam se boas amigas desde muito jovens, mas Lyla havia passado a ficar em companhia dos centauros e o pai de Penélope não vira isso com bons olhos, acabando por proibir a filha de continuar sendo amiga dela.
Então, subitamente, Hercules reparou que Nemis se tinha embebedado, e estava sendo inconveniente com os outros convidados, e mais ... reconheceu-o: era o irmão de Nessus! Hercules não ficou feliz em vê-lo, e muito menos Penélope e Marcus, seu noivo.
A chegada de Tyron, ainda arrastando a padiola, chamou a atenção dos irmãos do soldado morto, que estavam presentes na festa, e eles o cercaram, dispostos a castigá-lo pelo que acontecera ao irmão. Hercules acorreu para ajudar o jovem, e logo se instalou uma luta.
Nemis e Craesus viram aí sua oportunidade. Eles investiram a galope sobre Penélope e uma de suas damas, chamada Cheris, e as levaram. Ao vê-los se afastar com as mulheres, Hercules se colocou na frente, e foi atingido pelos poderosos cascos de Craesus, caindo sem sentidos.
Os dois centauros levaram as jovens para sua caverna, e as acorrentaram, planejando possuí-las.
Lyla e Deric de longe, viram que a situação era crítica, e resolveram agir.
Assim que conseguiu ficar de pé, Hercules disse que não conseguia enxergar ... estava cego! Mas precisava resgatar Penélope e Cheris. Ele pediu a Salmoneus que fosse seus olhos, e a eles se juntaram ainda o noivo de Penélope e o jovem Tyron – Cheris, a dama da noiva, era sua irmã.
Marcus e Tyron conheciam as cavernas onde os centauros se abrigavam, e para lá guiaram Hercules e Salmoneus.
Hercules sentia-se deprimido com sua cegueira. Como iria ele ajudar as pessoas, naquele estado?
De repente, no alto de uma colina, surgiram os dois centauros, Nemis e Craesus, dispostos a impedir que as reféns fossem resgatadas. Hercules apontou o arco ... Salmoneus alarmou-se, mas o filho de Zeus apenas lhe pediu que indicasse a direção e a distância ... e disparou. A flecha acertou Craesus em cheio, que caiu morto. Deric então golpeou o solo com o tacape, e uma enorme rocha rolou colina abaixo, na direção de Hercules e os outros. Tyron, então, num gesto de heroísmo, empurrou Marcus e Hercules, e acabou sendo esmagado pela rocha.
Hercules então percebeu que Nemis estava atrás de vingança pela morte do irmão. Resolveu esperar até à noite, quando a escuridão poria Nemis em par de igualdade com ele.
Naquela tarde, o filho de Zeus, comovido com a atitude do jovem Tyron, que se sacrificara para salvar os amigos, enterrou o rapaz sob uma árvore, e, ajoelhado ao lado do túmulo, prestou-lhe uma honrosa homenagem. Deric disse que Hera estava por trás daquela atitude doentia de Nemis, o que fez com que Hercules ficasse ainda mais determinado a acabar com aquela loucura. E Lyla lhe explicou que o veneno logo perderia o efeito, e ele voltaria a enxergar.
Naquela noite, Hercules foi capaz de encontrar a caverna seguindo os gritos dos morcegos, e conseguiu também distinguir a voz de Penélope tentando persuadir Nemis de libertá-las. Mas Nemis não estava disposto a abrir mão dela. Foi então que ouviu ruídos de alguém do lado de fora da caverna, e saiu para verificar. Ele descobriu Salmoneus – que tinha seguido Hercules até ali – e disparou uma flecha, mas errou o alvo. Hercules conseguiu se esgueirar para dentro, e viu as duas jovens, e libertou Cheris. Quando tentava tirar Penélope, Nemis surgiu, e eles lutaram, enquanto Cheris tentava desesperadamente soltar a amiga.
Hercules havia ferido Nemis, mas todo o movimento fez com que uma viga começasse a ceder. O filho de Zeus correu a segurar para impedir o desabamento, gritando para que as mulheres saíssem. Nemis, já praticamente agonizando, levantou-se, e disse a Hercules para sair, e segurou ele mesmo a viga. Hercules e as mulheres saíram, mas não houve tempo de salvar Nemis, que morreu soterrado.
No dia seguinte, Hercules, já com a visão completamente restabelecida, despediu-se de todos.
Salmoneus tinha conseguido uma boa soma em dinheiro com as apostas, mas Cheris explicou que, segundo os costumes da região, todo o dinheiro arrecadado em apostas durante os festivais e festas em geral, era tradicionalmente ofertado aos recém-casados. Fazendo uma cara de desapontado, Salmoneus acabou entregando a bolsa de moedas a Marcus e Penélope. E partiu atrás de Hercules, resmungando qualquer coisa sobre “falta de sorte”.

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HÉRCULES, A SAGA - I-06 - As Darkness Falls

Mensagem  Myriam Castro em Sab Set 19, 2009 2:22 pm

Esse foi um dos episódios que mais gostei.
A cena da última homenagem que Hercules fez ao jovem soldado foi de arrepiar ...
E interessante como Nemis acabou se redimindo, e mostrando que de fato amava a jovem ... a ponto de dar sua vida por ela.

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HÉRCULES, A SAGA - I-06 - As Darkness Falls

Mensagem  mara em Sab Set 19, 2009 5:23 pm

É um episódio muito lindo, não, Myriam? Por tudo o que você disse e também por ver o silencioso desespero de Hércules, tão dependente de Salmoneus.
Parece que todos estavam zangados com as pessoas erradas, é também um episódio sobre preconceito... mas ninguém era realmente mau.
As cenas de Kevin com Lucy são de dar inveja...
Lindo resumo, Myriam, muito obrigada.

_________________
No one should never give up, ever! Do what makes you happy, what you are passionate about!

mara

Número de Mensagens : 18928
Location : São Paulo, Brasil
Data de inscrição : 02/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HÉRCULES, A SAGA - I-06 - As Darkness Falls

Mensagem  Myriam Castro em Sab Set 19, 2009 6:28 pm

É ... sortuda!
E viram como ele foi perspicaz? Seguiu seus outros sentidos - pela audição, identificou os morcegos, e aí, soube que havia uma caverna por ali. E pelo tato, em plena escuridão, conseguiu entrar.
Ele foi astuto, ao deixar que as trevas também "cegassem" o inimigo.
E mais uma vez, venceu!

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HÉRCULES, A SAGA - I-06 - As Darkness Falls

Mensagem  Convidad em Sab Set 19, 2009 7:47 pm

Só lembrando dos detalhes que estão lá no outro tópico, sobre este episódio:

John Schulian (escritor): “Desde o começo da 1ª temporada, o episódio do centauro foi certamente um dos nossos melhores. Ele tinha muitas coisas boas a seu favor, os centauros eram sensacionais, e nós conseguimos ver Salmonius em um papel um pouco diferente do papel estritamente cômico , porque ele age como os olhos de Hércules, depois que lhe é dada uma poção e ele perde sua visão.
Havia uma verdadeira nobreza em tudo isso.” (12/95)

Kevin Sorbo: (explicando a técnica usada para filmarem os centauros) “Eu vou fazer o mesmo com o ator real, com ângulos de câmera e coisas desse tipo. Ele é filmado da cintura para cima, é claro. E eles trarão cavalos para a mesma área em que você caminha , e trazem o ator e o filmam na tela azul. (Kevin explica que aprendeu a técnica com o supervisor de efeitos visuais Kevin O’ Neill) (outono de 1995)

Robert Trebor contou aos fãs que o episódio foi filmado na cratera de um vulcão adormecido, e que ele distendeu alguns músculos ao sair do local. Ele disse que a filmagem demorou 9 dias. 01/ 98

Curiosidade especial: A idéia dos disclaimers(renúncia de direitos) divertidos e excêntricos no final de alguns episódios partiu da produtora Liz Friedman, durante uma sessão em que estavam assistindo e trabalhando nos 13 primeiros episódios de H:TLJ. Ela disse ao coordenador de produção Bernie Joyce : 'Eu gostaria que nós pudéssemos dizer: “Nenhum centauro foi ferido na produção deste filme” . Isso seria tão engraçado!' Joyce respondeu:” Nós podemos”. (comentário do Cinefantastique #31 em 05/99)

Então tivemos o 1º disclaimer excêntrico da série, no final desse episódio, com as exatas palavras que Liz tinha escolhido!


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HÉRCULES, A SAGA - I-06 - As Darkness Falls

Mensagem  mara em Dom Set 20, 2009 9:05 am

Oh Carmen, obrigada por trazer esses detalhes para cá. Adoro esses disclaimers finais...

https://www.youtube.com/watch?v=DXAN5vHkEfY&feature=youtu.be

more info/ Mais informações:
http://kevinsorbo.forumotion.com/t735p50-kevin-sorbo-hercules-universe#40911

_________________
No one should never give up, ever! Do what makes you happy, what you are passionate about!

mara

Número de Mensagens : 18928
Location : São Paulo, Brasil
Data de inscrição : 02/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HÉRCULES, A SAGA - I-06 - As Darkness Falls

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 7:27 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum