Mitologia Grega , mais heróis

Página 3 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Mitologia Grega , mais heróis

Mensagem  mara em Sex Out 24, 2008 8:42 pm

Acho muito interessante tua opinião,Carmen!
Eu sempre achei que a vida era uma escola, onde a gente treina por erros e acertos, até, um dia, virar um mestre de si mesmo e entender como tudo funciona.

_________________
No one should never give up, ever! Do what makes you happy, what you are passionate about!

mara

Número de Mensagens : 18928
Location : São Paulo, Brasil
Data de inscrição : 02/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitologia Grega , mais heróis

Mensagem  Manto Negro em Seg Out 27, 2008 6:08 am

... e esse saber não tem fim, enquanto se tem vida, sempre se aprende! Ás vezes, penso que não falta ter mais nenhuma lição, e de onde menos se espera lá vem mais uma lição de vida. Resta saber como tirar proveito das lições que a vida nos dá!

Manto Negro

Número de Mensagens : 2868
Idade : 40
Location : Santa Tereza de Goiás- GO
Data de inscrição : 26/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitologia Grega , mais heróis

Mensagem  Myriam Castro em Seg Out 27, 2008 10:35 am

Nunca se pode dizer que se sabe de tudo ... a cada dia, aprendemos algo ... e às vezes nem nos damos conta das pequenas lições - pequenas, mas igualmente valiosas!

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitologia Grega , mais heróis

Mensagem  Convidad em Seg Out 27, 2008 6:56 pm

E sempre que algo se atravessa em nosso caminho, há uma força maior que nos impele... A de Odisseu foi sua enorme vontade de retornar. Nada conseguiria impedí-lo, por mais que ele tenha demorado!

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitologia Grega , mais heróis

Mensagem  Manto Negro em Qui Out 30, 2008 5:15 am

...é como se disso dependesse sua vida, a sensação de que falta resolver mais um capítulo na vida...

Manto Negro

Número de Mensagens : 2868
Idade : 40
Location : Santa Tereza de Goiás- GO
Data de inscrição : 26/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitologia Grega , mais heróis

Mensagem  mara em Qui Out 30, 2008 8:53 am

Disse bem, Vivi!:#82:

_________________
No one should never give up, ever! Do what makes you happy, what you are passionate about!

mara

Número de Mensagens : 18928
Location : São Paulo, Brasil
Data de inscrição : 02/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitologia Grega , mais heróis

Mensagem  Convidad em Qui Out 30, 2008 12:08 pm

E com certeza faltava, resolver sua vida pessoal era o destino final de sua jornada. Seu destino como herói interferia em sua vida familiar. E ele foi persistente o sufiente para superar tudo e atingir seu objetivo. Como já falamos por aqui, as histórias dos heróis gregos são histórias de superação, com todos os seus exageros , é claro, mas servem para que entandamos muitas coisas simples que ocorrem nas nossas vidas.
******************************************************
A seguir, para finalizar:

O AMOR DE ODISSEU E PENÉLOPE – Mais uma influência da mitologia na nossa cultura

(Parece até: "a seguir, cenas dos próximos capítulos")

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitologia Grega , mais heróis

Mensagem  mara em Qui Out 30, 2008 2:00 pm

E completando o que a Carmen disse, todos temos o herói dentro de nós e por isso nos superamos e crescemos. Kevin disse algo semelhante no episódio FOR THOSE OF YOU JUST JOIN US, quando diz a Ares que todos temos um Hércules dentro de nós, pronto para ir à luta!:hellohands:

_________________
No one should never give up, ever! Do what makes you happy, what you are passionate about!

mara

Número de Mensagens : 18928
Location : São Paulo, Brasil
Data de inscrição : 02/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitologia Grega , mais heróis

Mensagem  Convidad em Qui Out 30, 2008 5:57 pm

E como ele está certo! É o nosso herói interior que nos permite sobreviver!
Bem, pessoal, para finalizar minhas viagens pelo mundo de Ulisses (só pra usar o nome romano um pouquinho), aqui vai o capítulo prometido...

O AMOR DE ODISSEU E PENÉLOPE – Mais uma influência da mitologia na nossa cultura
Como temos comparado muitas vezes os mitos com a nossa vida, achei legal trazer este texto, entre tantos outros que encontrei, para mostrar como estes 2 personagens mitológicos influenciaram cultura ocidental.
“Odisséia é um dos relatos escritos mais antigos a tratar de amor. Certamente, é um dos únicos que influenciou de forma direta nossa cultura.(....) Em especial, os épicos mitológicos dos homens, do que o amor impiedoso e metafórico dos deuses. Odisseu e Penélope,,(...)entre outros.

Na eminência da Guerra de Tróia, Odisseu finge-se de louco, para não ter que se alistar. Ele sabia, por conta de uma oráculo, que não conseguiria retornar por muito tempo. Descoberta a falsidade de sua loucura, Odisseu cai em uma tramóia e aceita partir para a guerra, para proteger seu filho recém-nascido. Odisseu é um mito épico, ou seja, durante toda narrativa mostra uma única característica de personalidade marcante e dominante: o desejo de retornar para casa. Contudo, seu amor e nostalgia não o impede de mostrar o entendimento grego de herói.(...)Odisseu entende sua guerra como uma busca do correto, da completude de sua existência. Seu amor por Penélope é forte, pungente, inegável e o faz cometer as maiores loucuras, mas não impede-o de deixá-la, em cumprimento do que entende como seu dever de vida. Para salvar sua tripulação da maldição de Círce, atrasa seu retorno em um ano.(....). Assim, a Odisséia pode ser vista com uma das origens da faceta cultural que o amor assume contemporaneamente. Odisseu e Penélope são vivos, intensos e com personalidades poligônicas, apesar do realce para a persistência ativa dele, e passiva dela. São alegorias, mas descrevem bem uma forma de amor. O primeiro ponto relevante da narrativa é a distância entre os dois personagens, o masculino passa anos de sua vida a buscar o feminino. Suas histórias estão intimamente unidas, apesar de nunca estarem juntos. A narrativa, portanto, descreve ambas histórias em separado. Odisseu não ama Penélope incondicionalmente, como gostaria o Bardo, separa-se dela para ingressar em uma guerra, não hesita em possuir outras mulheres para salvar seus amigos e considera sua honra acima de todas as coisas. Ele atravessa o mundo lutando contra o mal e o infortúnio. Contudo, mantém um amor profundo a guiá-lo de volta para casa.

Penélope é paciente e esperançosa. Não abandona seu amor em meio a notícias de naufrágios e morte. Seu amor supera a lógica e ela continua a acreditar no retorno de seu amado até nos piores momentos. É forte e nega-se a casar-se novamente pelo bem de seu reino. Passa noites insones a desfiar seu vestido, para fugir da obrigação de um novo casamento. É persistente como o marido e usa de diferentes artimanhas para defender sua fidelidade. Seus esforços são igualáveis aos de Odisseu e apenas por isso consegue tê-lo novamente. Na ótica simetrista da cultura grega, Penélope é a grande mulher casada com o grande homem, um amor forte que surge da força dos dois amantes, dois personagens que encontram no amor suas forças. A personagem Penélope é tão forte que foi reescrita em diversos momentos. É clara a influência que exerceu sobre os contos de Grimm ou sobre as antigas cantigas quinhentistas e os romances de cavalaria.(....)”
(Texto retirado de um blog sobre mitos e amor, postado por Caio Almendra ).
Achei muito interessante a opinião dele, que depois segue falando nos contos de fadas e até nos super heróis atuais. Se alguém quiser ler o texto completo, o link é:
http://senso-comum.blogspot.com/2008/03/odisseu-e-penlope-branca-de-neve-e.html

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitologia Grega , mais heróis

Mensagem  Manto Negro em Sex Out 31, 2008 5:42 am

Puxa, muito interessante Carmen!!!
Será que ainda existe amor assim?

Manto Negro

Número de Mensagens : 2868
Idade : 40
Location : Santa Tereza de Goiás- GO
Data de inscrição : 26/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitologia Grega , mais heróis

Mensagem  mara em Sex Out 31, 2008 8:22 am

É sempre a mesma busca: a busca da integração, de ser completo, maduro, juntando a ação (nossa parte yang/ masculina) à intuição(yin, feminino); ponderação e a renúncia (yin, feminino) à busca dos objetivos no mundo(yang, masculino). Esse é o mito do herói - que somos nós mesmos e nós mesmas. Muito legal, Carmen!:kisss:

_________________
No one should never give up, ever! Do what makes you happy, what you are passionate about!

mara

Número de Mensagens : 18928
Location : São Paulo, Brasil
Data de inscrição : 02/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitologia Grega , mais heróis

Mensagem  Convidad em Sex Out 31, 2008 11:16 am

Adoro as explicações da Mara!
Pois é, meninas... eu acho que existe sim. O amor é um sentimento muito complexo, mas a gente quando ama de verdade consegue deixar tudo mais simples. Sendo heróis, sendo amantes, sendo verdadeiros. Assim escrevemos nossa própria história.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitologia Grega , mais heróis

Mensagem  Convidad em Sab Nov 01, 2008 1:03 pm

Enquano eu dou um tempinho para vocês lerem tudo aqui, já vou avisando, o próximo herói é Aquiles que também lutou em Tróia e é personagem importante da Ilíada, outro pema de Homero.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitologia Grega , mais heróis

Mensagem  mara em Sab Nov 01, 2008 1:44 pm

OBA!!!!bounce

_________________
No one should never give up, ever! Do what makes you happy, what you are passionate about!

mara

Número de Mensagens : 18928
Location : São Paulo, Brasil
Data de inscrição : 02/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitologia Grega , mais heróis

Mensagem  Jo em Sab Nov 15, 2008 5:16 pm

Tô esperando!

Jo

Número de Mensagens : 1405
Location : São Paulo
Data de inscrição : 15/06/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitologia Grega , mais heróis

Mensagem  Convidad em Sex Nov 21, 2008 10:05 pm

Meninas, esta semana estou colocando a história de Aquiles!

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitologia Grega , mais heróis

Mensagem  Jo em Sex Nov 21, 2008 10:07 pm

Ok, Carmen, estou esperando ansiosa :party:

Jo

Número de Mensagens : 1405
Location : São Paulo
Data de inscrição : 15/06/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Como prometi, aqui vai a história de Aquiles.

Mensagem  Convidad em Dom Nov 23, 2008 3:56 pm

Bem complicada, por sinal, uma figura no mínimo controversa, um herói torturado. Espero as observações da Mara!
Aquiles, na mitologia grega, é considerado o guerreiro mortal mais forte e talentoso que já existiu

Educação e infância

O centauro Quíron encarregou-se da educação do jovem. Alimentou-o com mel de abelhas, com medula de ursos e de javalis e com vísceras de leões. Ao mesmo tempo, iniciou-o na vida rude, em contato com a natureza; exercitou-o na caça, no adestramento dos cavalos, na medicina, na música e, sobretudo, obrigou-o a praticar a virtude. Aquiles tornou-se um adolescente muito belo, louro, de olhos vivos, intrépido, simultaneamente capaz da maior ternura e da maior violência.Peleu deu ainda ao seu filho um segundo preceptor, Fénix, um homem de grande sabedoria, que instruiu o príncipe nas artes da oratória e da guerra. Juntamente com Aquiles, foi educado Pátroclo, seu amigo, filho do rei da Lócrida,Menécio.Aquiles era ainda adolescente quando teve início a guerra deTróia. O adivinho Calcas, porém, depois de consultado, informou que a cidade inimiga só seria destruída com a ajuda de Aquiles.Apavorada, Tétis tratou de disfarçar o seu filho de mulher e o enviou para a corte do rei Licomedes, na ilha de Ciros, para que ele fosse educado no harém, junto das princesas, disfarçado com o nome de Pirra (a loura).Entretanto, os gregos enviaram Ulisses como embaixador à corte de Peleu, afim de que ele trouxesse o indispensável Aquiles, mas como este não foi encontrado, recorreram a Calcas, que lhes revelou o embuste. Ulisses se disfarçou, então, de mercador e dirigiu-se ao palácio de Ciros, conseguindo entrar no gineceu. Ele expôs, perante os olhos maravilhados das princesas, os mais ricos adornos. Mas, entre os tecidos e as jóias, estava escondida uma espada. Ao vê-la, a pretensa Pirra a empunhou imediatamente, precipitando-se para fora do palácio com a arma na mão e revelando, assim, o seu sexo e a sua natureza impetuosa.Porém, uma das filhas de Licomedes, que já há muito tempo conhecia a verdadeira identidade de Aquiles, apresentou-se grávida, mas o nascimento do seu filho só acontecerá após a partida do herói. Este recebeu o nome de Neoptólemo e o cognome de Pirro (masculino de Pirra).Ulisses conduziu então Aquiles para junto de seus pais. Tétis, assustada com o insucesso do seu estratagema, fez insistentes recomendações a seu filho: a sua vida seria tanto mais longa quanto mais obscura ele a mantivesse. Mas Aquiles recusou os conselhos de sua mãe. Nada lhe importava mais do que o brilho da glória e, por mais que os oráculos previssem a sua morte em Tróia - como consequência de ter matado um filho de Apolo - ele não descansou enquanto seu pai não lhe concedeu um exército e uma frota. Peleu dotou-o então com cinqüenta navios e confiou-lhe as armas que os deuses lhe tinham oferecido no dia do seu casamento. Aquiles partiu, levando consigo Fénix e Pátroclo (que naquela guerra se tornaria seu companheiro de armas).


Aquiles em guerra

No decorrer do desembarque, efetuado por engano na Mísia, que os gregos confundiram com Tróia, Aquiles feriu com a sua lança o rei do país, Télefo, filho de Héracles (ou Hércules). Mais tarde, no entanto, graças aos seus conhecimentos de medicina, curou-o.Regressados ao porto de Élis - oito anos mais tarde - para se reagruparem após esta expedição fracassada, os gregos foram imobilizados pela calmaria dos ventos. Agamémnon, o chefe do exército, tendo sabido através do oráculo que os ventos não soprariam a não ser que sacrificasse a sua filha Ifigénia, imaginou que a melhor maneira de a atrair, sem suspeitas, seria propondo-lhe casamento com Aquiles. Quando o herói teve conhecimento do embuste em que fora envolvido sem saber, censurou violentamente o "rei dos reis": e esta será a primeira querela com Agamémnon.Após o cumprimento do sacrifício de Ifigénia, os deuses permitiram aos ventos que soprassem, e assim a frota grega pôde navegar, fazendo escala na ilha de Tenedo, ao largo de Tróia. O rei da ilha, Tenes, ter-se-á simplesmente oposto ao desembarque dos gregos ou terá tentado antes proteger a sua irmã das intenções de Aquiles? Qualquer que seja a resposta, a verdade é que ele foi morto pelo herói. Mas acontece que Tenes era filho de Apolo, e embora Aquiles lhe tenha prestado um serviço fúnebre cheio de pompa, não podia, todavia, escapar ao destino que lhe tinha sido traçado.Durante dez anos, gregos e troianos estiveram envolvidos em escaramuças sem grandes consequências. No decorrer deste período, os invasores aproveitaram para efetuar expedições de pirataria nas ilhas e cidades vizinhas de Tróia. Podemos destacar, entre elas, a incursão na Mísia, em que Aquiles matou o pai de Andrómaca, Eécion, e os seus sete filhos, enquanto Agamémnon se apoderou da filha do sacerdote de Apolo, Criseida e, ainda, a expedição a Lirmesso, onde Aquiles capturou a belaBriseis, que tornou sua serva.


A cólera de Aquiles

Durante o décimo ano de guerra, Aquiles e Agamémnon envolveram-se em grande disputa. Tudo isto porque, como Agamémnon se vira obrigado a libertar a filha do sacerdote, Criseida, exigiu como compensação a serva de Aquiles, Briseis. Injuriado e furioso, Aquiles decidiu abandonar a guerra e retirou-se para o seu acampamento, pondo assim em causa a possível vitória dos gregos. A história da coléra de Aquiles, em Tróia, é o tema da Ilíada, a obra mais lida de toda a Antiguidade, que é responsável pela enorme notoriedade do herói grego.A situação dos gregos não tardou a tornar-se aflitiva. Pátroclo, sem a autorização de Aquiles furta-lhe a armadura e vai para o campo de batalha onde acabou por encontrar a morte às mãos deHeitor, marido de Andrómaca, o mais valente dos filhos do reiPríamo (verdadeiro herói da Ilíada, subtendido por Homero).Enlouquecido de dor pela perda de Pátroclo, Aquiles saltou sem armas para o campo de batalha produzindo um bramido demente que o exército troiano achou se tratar de um louco insano. A sua contenda com Agamémnon fora esquecida, pois agora Aquiles só pensava em vingar-se da morte do amigoE é Heitor quem Aquiles persegue com seu ódio e é ele quem pretende sacrificar em homenagem a Pátroclo. Certo dia, ao acaso da guerra, Aquiles encontra-se com Heitor no campo de batalha derrotando-o num combate extenso e singular, matando-o somente após uma topada numa pedra a luz de um Sol escaldante (topada a qual desorientou todos os sentidos do guerreiro troiano). Depois, desrespeitando a ética dos rituais fúnebres dos vencidos em combate, prendeu o cadáver ao seu carro e deu a vergonhosa volta às muralhas de Tróia, onde só largou o corpo ensanguentado e desfeito do honrado Heitor quando o já velho rei Príamo lhe veio suplicar indulgência

A tradição pós-homérica acrescentou, ainda, outros feitos atribuídos a Aquiles. Entre estas, pode-se destacar a sua luta contra a rainha das amazonas ,Pentesileia, que veio com as suas tropas em socorro dos troianos e perdeu a vida às suas mãos. No último momento, quando Aquiles viu o rosto da sua vítima inflamado por uma súbita e impossível paixão, chorou sobre o seu corpo.Relata-se, igualmente, o seu encontro com Mérnnon, filho de Aurora,que terminou com a morte do troiano, e foi uma fonte inesgotável de lágrimas para sua mãe.

A morte de Aquiles

Apesar da valentia e dos feitos de Aquiles, a fatalidade não podia deixar de acontecer. A morte do grande herói da Antiguidade é apresentada numa versão que relata que ele morreu ferido no calcanhar por uma flecha certeira, poderosa e assassina, atirada pelo príncipe em combate quando tentava resgatar Briseis para si (prima dos príncipes de tróia, mulher por quem se apaixonou). Páris, nesse ato, consegue vingar-se da morte de seu irmão Heitor e simultaneamente vinga a morte do filho do deus Apólo, Tenes.Aquiles, após a morte, recebeu a justa recompensa por toda uma vida de feitos heróicos e de combates. Zeus, a pedido deTétis conduziu-o à ilha dos Bem-aventurados, onde ele casou com uma heroína (cita-se Medeia, Ifigénia, Polixeria, e mesmo Helena: da sua união com esta, teria nascido um filho alado, Euforião, que é identificado com a brisa da manhã).Na Antiguidade, Aquiles foi venerado como o modelo de herói por excelência. Um herói simultaneamente belo, robusto e corajoso, que tentou sempre elevar-se acima da sua simples condição de mortal. Os estóicos, no entanto, condenaram o seu temperamento violento, muitas vezes escravo das suas paixões. Por isso, ele foi venerado em todo o mundo grego, embora o centro do seu culto se tenha fixado nas margens do mar Negro. Confirma-se que o seu túmulo se encontrava numa ilha deste mar, a ilha Branca (Leuké), igualmente chamada "Aquileia".
As obras literárias em que Aquiles aparece como herói são abundantes. Para além da Ilíada e da Odisseia - onde acompanhamos a vida de Aquiles no Inferno podemos destacar, ainda, a Ifigénia em Áulis, tragédia de Eurípides, "imitada" mais tarde por Racine (1674) e transformada em ópera por Gluck (1774), O Aquileide, poema épico de Stace, etc.); e as artes plásticas (pinturas de vasos, esculturas, etc.) deleitam-se sempre (cf. telas de Rubens, Teniers, Ingres, Delacroix) com as suas múltiplas façanhas.


Última edição por Carmen Lily em Dom Dez 07, 2008 3:51 pm, editado 1 vez(es)

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitologia Grega , mais heróis

Mensagem  Jo em Dom Nov 23, 2008 5:03 pm

Realmente Carmen, um pouco complicado :(

Jo

Número de Mensagens : 1405
Location : São Paulo
Data de inscrição : 15/06/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitologia Grega , mais heróis

Mensagem  Convidad em Dom Nov 23, 2008 6:37 pm

Pois é Jo, estou esperando a Mara dar uma olhada, ela faz umas comparações muito boas e analisa bem o nosso personagem. Mas que ele teve uma vida atribulada e conturbada, não tenho dúvidas. Dá para notar que em alguns casos ele sofria ao matar alguém. Não no caso da morte de Heitor, pois esta ele considerou uma vingança.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitologia Grega , mais heróis

Mensagem  Jo em Dom Nov 23, 2008 8:14 pm

Percebi Carmen, vamos esperar a Mara dar uma olhada, ela é boa nisso :?:

Jo

Número de Mensagens : 1405
Location : São Paulo
Data de inscrição : 15/06/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitologia Grega , mais heróis

Mensagem  Convidad em Qua Nov 26, 2008 4:41 pm

Oi, gente! Ninguém viu meu Aquiles? Nhééé!!!!

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitologia Grega , mais heróis

Mensagem  Myriam Castro em Qua Nov 26, 2008 7:54 pm

mara escreveu:É sempre a mesma busca: a busca da integração, de ser completo, maduro, juntando a ação (nossa parte yang/ masculina) à intuição(yin, feminino); ponderação e a renúncia (yin, feminino) à busca dos objetivos no mundo(yang, masculino). Esse é o mito do herói - que somos nós mesmos e nós mesmas. Muito legal, Carmen!:kisss:

É ... muito interessante, mesmo.
Será impressão minha, ou isso também se encaixa para alguém como Dylan Hunt ...?scratch

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitologia Grega , mais heróis

Mensagem  Jo em Qua Nov 26, 2008 8:45 pm

Nossa que bonito :love:

Jo

Número de Mensagens : 1405
Location : São Paulo
Data de inscrição : 15/06/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitologia Grega , mais heróis

Mensagem  mara em Qui Nov 27, 2008 11:13 am

[/quote
Myriam escreveu: É ... muito interessante, mesmo.
Será impressão minha, ou isso também se encaixa para alguém como Dylan Hunt ...?scratch [/quote]



Dylan Hunt já se encaixou faz tempo, Myriam...falando sério!Maravilhoso, não?

_________________
No one should never give up, ever! Do what makes you happy, what you are passionate about!

mara

Número de Mensagens : 18928
Location : São Paulo, Brasil
Data de inscrição : 02/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitologia Grega , mais heróis

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 3:43 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum