TEMPORADA VIRTUAL :VI-05 - The Bonds That Link

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

TEMPORADA VIRTUAL :VI-05 - The Bonds That Link

Mensagem  Myriam Castro em Seg Dez 17, 2007 10:24 am




Laços Que Ligam
Texto original em inglês de Iris

"Os laços que ligam uma verdadeira família
não são somente de sangue ...
Mas de respeito e alegria em compartilhar a vida juntos."

- Crônicas de Coragem e Convicção
Capitão Dylan Hunt - CY 10172



Tyr Anasazi lentamente abriu os olhos e respirou profundamente ...
Perguntou-se "onde" e "quando" estava. E como fora parar ali. Só sabia que estava perdido.
Ele estava em uma clareira, cercada por uma floresta imponente.
Entrou por ela, e escutava atentamente, procurando ruídos de civilização. E acima dos habituais cantos de pássaros e farfalhar de outros pequenos animais, ele ouviu vozes.
Encontrou dois garotos, que se assustaram ao vê-lo, mas ele os acalmou, e perguntou-lhes onde estava. Eles responderam que estavam em Tarn Vedra, e ele arregalou os olhos. Então lhe contaram a história de Seefra, e de como Dylan Hunt e sua equipe salvaram os Mundos Conhecidos. E ainda que Hunt partira em missão secreta e logo voltaria. Eles o admiravam como heróis, disseram que queriam ser como ele ...
Apesar de chocado com aqula história, Tyr queria era ir para o espaço-porto, tomar uma nave e partir em busca de seu filho ...
Ele pediu aos meninos que o levassem até onde estavam as naves, e eles o fizeram.
Tyr observou a extensa área, onde as naves subiam e desciam, até ver uma pequena nave que o atenderia bem. Esperou cair a noite, e furtivamente embarcou e decolou sem ser molestado.
Uma vez no espaço, saltou em turbilhão, sem saber ao certo onde ia parar. Quando emergiu, outro susto:
Tarazed!
E lá estava a forma gigantesca e inconfundível da Andromeda Ascendant em órbita.
Mais que depressa ele saltou novamente, torcendo para não ter sido detectado, e traçou rumo para o Sistema Coalsack.
Na Ponte de Comando da Andromeda, Beka Valentine comunicou a Dylan que captara o rastro de uma nave, e que ia embarcar na Maru para ir investigar. Dylan, todo sorrisos e gentilezas, perguntou se podia ir junto, "para lhe fazer companhia", e ela aceitou de bom grado. Ele deixou o comando com Rhade, e foi buscar sua mochila. Logo estava no hangar, embarcando com Beka.
Uma vez fora, ele perguntou a ela onde exatamente ela pretendia ir, e ela respondeu que ao remoto Sistema Coalsack. Queria conhecer o filho de Tyr Anasazi, Tamerlane, que vivia com o clã Orca. Ela queria usar sua posição de Matriarca para levar adiante um projeto ousado: reunificar os clãs. E o Sucessor de Drago Museveni era o parceiro ideal para ajudá-la. Dylan sorriu, orgulhoso de sua Primeiro-Oficial. Ele também gostaria muito de acabar de vez com todo aquele ódio e preconceito ...
Quando chegaram ao seu destino, Beka rastreou todos os planetas, e descobriu sinais de civilização no terceiro, chamado Midden, na zona rural.
A Maru aterrissou numa área a cerca de 2 Km de uma fazenda. Depois de algum tempo de caminhada, chegaram a uma cas e bateram à porta. Nada. Olharam-se, sacaram as armas e entraram ... e deram de cara com uma metralhadora! Dylan jogou Beka para o chão e fez o mesmo, e quando Beka se annciou, um vulto quase tão alto quanto Dylan, se ergueu de detrás de um sofá.
A surpresa foi grande. Tyr Anasazi!
Beka não estava muito contente em revê-lo, depois do que ele lhe fizera, quase a entregando em sacrifício ao Abismo. Tyr, no entanto, estava mais curioso do que hostil, e perguntou o que eles faziam ali.
Beka falou a verdade. Disse que viera conhecer Tamerlane Anasazi, de Freya por Tyr, pois se sentia no dever de protegê-lo. Ela sabia quem o menino era na realidade, e que isso era do conhecimento geral. Muitos deviam estar atrás dele, e certamente ele estaria mais seguro a bordo da Andromeda.
Tyr não queria deixá-lo ir. Não queria que Dylan usasse Tamerlane para seus propósitos "megalomaníacos". Aí foi Dylan, calado até então, que falou. Ele argumentou que haviam conseguido reconstruir a Comunidade sem seu filho, e que ninguém se atreveria a enfrentar a Andromeda - modéstia à parte.
Tyr pensou. Eles estavam certos. Como sempre. Acabou concordando ... desde que fosse junto. Mas Dylan, determinado, disse que ele, Tyr, não era mais bem-vindo a bordo de sua nave.
O Nietzschean no fundo sabia o porquê, e, sem mais discutir, chamou o menino. Apresentou-o a Dylan e Beka, que gostaram muito do ar inteligente e simples da criança, que estava com 4 anos.
Então, de repente, ruídos lá fora chamaram a atenção de Tyr. Ele fez sinal a Dylan e Beka para levarem Tamerlane pela porta dos fundos e darem o fora dali, enquanto ele ia distrair os invasores.
Eles saíram, e Tamerlane, que conhecia o caminho, tomou a frente. Logo estavam na floresta, e Dylan e Beka colocaram o menino entre eles, para protegê-lo. Correram para a Maru.
Estavam quase chegando lá, quando Tamerlane de repente deu um empurrão em Dylan, derrubando-o. Um sibilo cortou os ares. Dylan escapara por pouco de ser atingido! Mas o menino não teve a mesma sorte ... um segundo disparo o atingira em cheio.
Dylan pegou o menino nos braços e correu para a Maru. Logo estavam decolando dali.
Beka viu Tamerlane sangrando nos braços de Dylan, e ficou revoltada com tamanha covardia. E Dylan acomodou o menino em uma maca, para ministrar-lhe os primeiros-socorros.
O estado da criança era grave. Tinha o ombro atravessado por um tiro, e havia um fragmento de osso obstruindo uma artéria. Dylan chamou Beka. Tinham que operar o menino imediatamente, ou não chegaria vivo à Andromeda.
Assim foi feito. Mesmo sem muitos conhecimento médicos e com a ajuda de Beka, Dylan abriu o ombro do menino e removeu o fragmento. Em seguida, remendou a artéria e injetou nanorrobôs. Os sinais vitais do menino melhoraram. Nada mais podia fazer.
Algum tempo depois, a Andromeda entrou em contato, e Beka avisou Trance. Foi chamar Dylan ,as, como ele não respondeu, ela foi ver o que estava acontecendo. Gelou ...
Tamerlane tinha parado de respirar, e Dylan tentava reanimá-lo, aplicando-lhe CPR.
Quando atracaram no hangar da Andromeda, foi uma correria para levar o menino à enfermaria, onde Trance foi cuidar dele. Ela disse que, se não o tivessem operado, já estaria morto.
Dylan, deprimido, recolheu-se sem falar com ninguém, e coube a Beka reunir os demais e contar toda a história.
Tyr, vivo? Todos se admiraram.
Rhade, vendo que Beka estava exausta, ofereceu-se para ajudá-la a ir descansar, e levou-a até seus aposentos, onde a acomodou da melhor forma que pode, e retirou-se.
Resolveu também ir ver Dylan, e bateu à porta. Sem reposta. Ele não desistiu, e tocou de novo. Dylan abriu. Rhade ficou preocupado com seu líder. Dylan parecia à beira de um colapso. Tinha os ombros caídos, os olhos embaçados e ainda usava as roupas que desembarcara, sujas de terra e sangue. Dylan olhou-se, viu o sangue de tamerlane em sua camisa, e explodiu: "Meu Deus! Ele é apenas uma criança! Tyr confiou-me seu filho para proteger, e o que eu fiz? Deixei-o morrer!"
Rhade disse que ele fizera tudo o que podia ... pegou-lhe na mão, e o obrigou a tomar um banho e descansar, só saindo dali quando viu Dylan na cama.
Algumas horas mais tarde, a Andromeda recebeu uma mensagem de Tyr. Enquanto Rommie conversava com ele, Beka foi chamar Dylan.
O olhar e o tom de voz pesaroso do capitão não deixaram dívidas de que acontecera algo terrível. Dylan convidou Tyr para vir a bordo, mas deixou Andromeda em alerta, para ficar de olho nele. Quando ele chegou, Trance o levou para ver o filho.
Trance explicou-lhe que o estado do menino era grave, e que se ele não voltasse a respirar por si em 24 horas, nunca mais o faria.
As horas passaram.
Trance disse a Tyr a única coisa que podia ser feita, e o deixou a sós. [b]
Mais tarde, Tyr saiu da enfermaria como corpo de Tamerlane nos braços, e disse que ia levá-lo para casa. Dylan, Beka e ous outros quiseram acompanhá-lo, e ele não fez objeções.
E lá se foi ele, com Andromeda logo atrás, alerta a quaisquer possíveis perseguidores.
Chegando a Midden, Tyr ergueu uma pira funerária ao filho, e quando tudo terminou, um a um todos se despediram dele. Dylan foi o único que nada disse, apenas o abraçou.
A Andromeda partiu de Coalsack.

(continua abaixo)...


Última edição por Myriam Castro em Qua Nov 12, 2008 9:11 pm, editado 2 vez(es)

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMPORADA VIRTUAL :VI-05 - The Bonds That Link

Mensagem  mara em Seg Dez 17, 2007 6:24 pm

continua...

Quem mais sentiu a perda, mais até do que o próprio Tyr, foi Dylan.
Mas Tyr, em momento algum, culpou-o pela morte do menino. Pelo Contrário ... apesar das "diferenças" que havia entre ele e Dylan, ele sabia que o capitão tinha feito tudo o que podia para salvá-lo.
Ele sabia quem eram os assassinos: o clã Mandrel. Bem, cuidaria deles depois.
No dia seguinte, Tyr reuniu todo o seu arsenal, e partiu para o mundo de Mandrel. Ele sabia que os Mandrel viviam da fabricação e venda de armas, e foi direto até onde estavam as três grandes fábricas. Depois de eliminar sumariamente os guardas e cães, ele instalou explosivos e mandou uma a uma pelos ares. Em seguida, foi até o povoado e dizimou os Mandrel, matando inclusive o casal Alfa, e levando a Matriarca como refém. Foi perseguido, e chegou a ser atingido, mas nada sério.
Quando chegou à sua nave, libertou a mulher, e embarcou, desaparecendo nos céus
A Andromeda recebeu um sinal de S.O.S. vindo do mundo de Mandrel, e Dylan logo adivinhou que era Tyr.
Beka queria ir lá ajudá-los, mas o capitão não concordava. Ela estranhou, e foi procurar Rhade. Surpreendentemente, o jovem concodava com Dylan. Ela ficou sem entender.
Porém, Dylan pensou melhor, e, novamente com seu senso de justiça, levou a Andromeda para lá, e não ficou muito surpreso quando lhe informaram qua a situação já estava sob controle. Ah, o velho orgulho Nietzschean ...
Mais tarde, Beka foi procurá-lo em seus aposentos, dizendo que estava preocupada com ele. Mas ele, já mais tranquilo, sorriu para ela, e disse que se deixara levar pela revolta. Beka até compreendia, mas disse que ele não podia se deixar descontrolar ... era o líder, e elemento fundamental para o equilíbrio da ordem nos Mundos Conhecidos. Ele sorriu de novo. Não, agora estava tudo bem.
Ele tinha que ser forte. Como Tyr.
E Tyr ... ele ficou um momento contemplando o planeta, e em seguida, virando a proa para o espaço profundo, desapareceu.

mara

Número de Mensagens : 18928
Location : São Paulo, Brasil
Data de inscrição : 02/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMPORADA VIRTUAL :VI-05 - The Bonds That Link

Mensagem  mara em Seg Dez 17, 2007 6:25 pm

belo episódio, Myriam...

Muito interessante a volta de Tyr.
Valeu seu empenho, querida.
beijos e muito grata.

:)

mara

Número de Mensagens : 18928
Location : São Paulo, Brasil
Data de inscrição : 02/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMPORADA VIRTUAL :VI-05 - The Bonds That Link

Mensagem  Myriam Castro em Seg Dez 17, 2007 6:35 pm

Eu também achei interessante ...
Tyr é tido como "especialista" em sobrevivência ... ele mesmo se denomina "sobrevivente", e é por isso que ele no fundo nutre certa admiração por Dylan. Dylan também é "sobrevivente" ... 300 anos depois de ficar preso na singularidade de um buraco negro, não é brincadeira!

Outro ponto comovente foi a atitude solidária e fraterna de Telemachus Rhade, para com Beka e Dylan. Mas que coração bom, o desse rapaz, hein?
É um Nietzschean puro ... mas completamente isento daquela presonalidade egocêntrica, dissimulada e traiçoeira da maioria dos seus semelhantes.
Aliás, a série não menciona o clã a que pertence ... por acaso alguém sabe ?


Última edição por Myriam Castro em Qua Nov 12, 2008 9:12 pm, editado 1 vez(es)

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMPORADA VIRTUAL :VI-05 - The Bonds That Link

Mensagem  mara em Seg Dez 17, 2007 6:51 pm

Myriam, ele é de Tarazed, da família de Sarah...um Nietzchean diferente...:o

mara

Número de Mensagens : 18928
Location : São Paulo, Brasil
Data de inscrição : 02/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMPORADA VIRTUAL :VI-05 - The Bonds That Link

Mensagem  Myriam Castro em Ter Dez 18, 2007 6:16 pm

Ah, já sei ...
Lembram-se daquele capitão Nietzschean da nave Starry Wisdom, a bordo da qual Sarah Riley tentou resgatar Dylan?
Acho que o nome dele era Khalid.
Vai ver, Telemachus tinha algum parentesco com ele, e também com alguém da tripulação original da Andromeda (que Dylan ordenou que abandonasse a nave naquela memorável batalha ...), que fosse parente de Gaheris Rhade.
Afinal, ele era a reencarnação genética perfeita do outro - à exceção da personalidade, claro - e para tal deveria ser da mesma linha de sangue, uma vez que o sobrenome era o mesmo.Shocked


Última edição por Myriam Castro em Qua Nov 12, 2008 9:13 pm, editado 1 vez(es)

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMPORADA VIRTUAL :VI-05 - The Bonds That Link

Mensagem  Myriam Castro em Ter Dez 18, 2007 6:19 pm

E, Mara ...
Adorei a foto que você colocou, com Dylan, Beka e Tamerlane, e Tyr ao fundo.


Última edição por Myriam Castro em Qua Nov 12, 2008 9:13 pm, editado 1 vez(es)

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMPORADA VIRTUAL :VI-05 - The Bonds That Link

Mensagem  mara em Qua Dez 19, 2007 8:28 am

Myriam Castro escreveu:Ah, já sei ...
Lembram-se daquele capitão Nietzschean da nave Starry Wisdom, a bordo da qual Sarah Riley tentou resgatar Dylan?
Acho que o nome dele era Khalid.
Vai ver, Telemachus tinha algum parentesco com ele, e também com alguém da tripulação original da Andromeda (que Dylan ordenou que abandonasse a nave naquela memorável batalha ...), que fosse parente de Gaheris Rhade.
Afinal, ele era a reencarnação genética perfeita do outro - à exceção da personalidade, claro - e para tal deveria ser da mesma linha de sangue, uma vez que o sobrenome era o mesmo.Shocked

Era Khalid sim, Myriam. E sua hipótese faz o maior sentido.
Ah... a foto já veio pronta pelas autoras especialmente pra este episódio.

mara

Número de Mensagens : 18928
Location : São Paulo, Brasil
Data de inscrição : 02/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMPORADA VIRTUAL :VI-05 - The Bonds That Link

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 7:18 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum