ANDROMEDA, A SAGA - V-02 - The Weight p.2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

ANDROMEDA, A SAGA - V-02 - The Weight p.2

Mensagem  Myriam Castro em Sex Mar 05, 2010 9:55 pm



CAPTURAS começam aqui:
http://s953.photobucket.com/albums/ae17/galeria-saga-andromeda/?action=view¤t=502_cap000.jpg




V – 02 - THE WEIGHT P.2
O FARDO P.2

História original de Naomi Janzen


“Objetos inanimados e seres senscientes obedecem às leis da Natureza.
Sem discriminação. O Meio Ambiente é sua única consciência.”

Inscrição Vedran - lápides
005 AT9

Dylan e Rhade estavam tentando negociar com um indivíduo de caráter duvidoso a compra de uma nave, pois precisavam começar a procurar os outros. De alguma forma, Dylan sentia que eles estavam todos naquele mesmo sistema, talvez em planetas diferentes. Isso, para não falar da própria Andromeda, que Dylan também sabia estar próxima ...
De repente, uma confusão se instalou, e, no meio de socos, pontapés e mesas quebradas, um sujeitinho pequenino pegou rapidamente algo que pertencia a Dylan, e este o viu e saiu correndo atrás dele pelas ruas do povoado. O pequeno “trombadinha” era rápido, mas ao virar num beco, bateu com o nariz nos joelhos de Dylan e caiu. Dylan lhe exigiu que devolvesse o que lhe pertencia, mas o sujeito não o atendeu, e o Capitão simplesmente o pegou e segurou-o pelos pés, de cabeça para baixo, e o sacudiu, até que os bolsos dele se esvaziassem. Havia um sem-número de quinquilharias, mas um objeto diferente chamou a atenção de Dylan. Ele o pegou, e quando Rhade se aproximou dele, viram que se tratava de uma espécie de localizador. E parecia emitir uns bips que Dylan identificou como um código: B ... e ... k ... a ... era Beka! Ela estava viva, e eles agora podiam seguir aquelas coordenadas e buscá-la.

Alguns dias antes ...
Beka se encontrava enfraquecida pela fome e pela sede, com sua nave à deriva no espaço, e logo ficaria sem oxigênio. Ela gravou uma mensagem, pois sabia que alguém acabaria encontrando a Maru, e ela já poderia estar morta. E deixou também um recado para Dylan ... no fundo, tinha esperança de que ele a encontrasse.
Foi então que o alarme soou, e ela ficou surpresa ao ver Andromeda, bem à sua frente! Ela conseguiu reunir o que lhe restava de forças, e atracou no hangar da nave maior. Andromeda parecia estar abandonada. Beka vagueou pelos amplos corredores, chamando vez ou outra pelos companheiros, por Dylan ...

De volta ao presente, Beka se via às voltas com seu captor, um pirata chamado Jonah Darrega – ele e seu bando haviam encontrado Andromeda e se apossaram dela, fazendo-a sua base. Só não conseguiram que ela funcionasse. Aquela avançada tecnologia estava fora da sua capacidade de compreensão, e Darrega exigiu que ela os ensinasse a lidar com aquilo, e a levaram até uma determinada sala onde havia o que eles chamavam de “o Módulo”. Beka estreitou os olhos. A tal coisa estava encerrada dentro de uma espécie de câmara blindada, pois tinha energia para derreter qualquer coisa em que tocasse. Ela concordou em tentar ajudá-los, enquanto dentro de si pensava numa maneira de escapar dali com a nave.
Mais tarde, já alimentada e mais recuperada, Beka respondeu algumas perguntas, fornecendo as informações que ela sabia que os satisfaria, mas que estavam longe de capacitá-los a lidar com Andromeda.
Darrega ficou impressionado com as habilidades de Beka, e ofereceu-lhe uma função em seu bando. Ela fingiu aceitar.
Dylan e Rhade tiveram alguma dificuldade para voar com aquela velha lancha empenada e cheia de fios e cabos soltos, mas, quando conseguiram se afastar um pouco de Seefra, algo grande à distância chamou a atenção de Dylan. Ele arregalou os olhos, e Rhade também ficou estático.
Andromeda! ...
Mas a grande nave parecia estar à deriva, como “morta”. Dylan tentou contato, mas a única resposta que recebeu foi uma barragem de fogo, vinda de pequenas naves que de repente lançaram-se sobre eles. Eles conseguiram despistá-las, e logo estavam atracando num dos hangares da Andromeda.
Caminhando pelos corredores, procurando não ser vistos – pois perceberam que a nave não estava desocupada -, Dylan e Rhade procuravam por Beka.
Dylan chegou a vê-la, em companhia de um sujeito mal-encarado, conversando sobre o “Módulo”, tentando descobrir como ativá-lo, e assim colocar a nave novamente operacional.
Quando contou o que vira a Rhade, o jovem Nietzschean duvidou da lealdade de Beka, convencido de que ela se colocara contra eles. Eles novamente se separaram, e Dylan foi surpreendido por alguns guardas e capturado. Quando o levaram, acorrentado e ainda inconsciente, até Darrega, este perguntou a Beka se ela o conhecia, mas ela, dando de ombros, deu a entender que nunca vira aquele homem antes.
Mas Beka havia reconhecido Dylan ... e sabia que tinha que agir rápido, pois Darrega dissera que pretendia matá-lo.
Dylan foi então acorrentado e levado até a sala do “Módulo”, onde Darrega planejava colocá-lo diante daquela fonte de energia, que o incineraria.
Darrega, então, começou a desconfiar de Beka, e resolveu submetê-la a um teste de lealdade. Ele ordenou que ela fosse até o painel de controle do “Módulo”, e acionasse um certo botão vermelho, certo de que era o comando para deflagrar um bombardeio sobre o planeta mais próximo. Ela hesitou. Olhou para Dylan, que de repente sentiu que não correriam perigo. O olhar dele disse tudo: ela deveria acionar o botão.
A porta blindada se abriu, e uma estranha forma surgiu à frente deles ... parecia uma pequena estrela ... e flutuou lentamente para perto de Dylan. O Capitão tinha os olhos fixos no esplendor dourado, e disse simplesmente: “Olá, Trance!”
Darrega não se deu ao trabalho de soltar Dylan das correntes. Ele virou-se para Beka e disse que o contrato estava anulado. E que ia levar a Maru consigo. Beka então viu Rhade, por trás do pirata, lhe fazer um sinal de que tinha sabotado a nave do bandido. Darrega se foi, e Beka libertou Dylan. Mas logo ambos começam a discutir, Beka recriminando Dylan por tê-la abandonado à própria sorte, e este tentando justificar-se, quando Rhade, sem paciência com os dois, gritou para que parassem, pois tinham que resolver uma questão importante. Dylan acionou um outro botão no painel, e libertou Trance do campo magnético que parecia prendê-la. Ela então assumiu novamente a forma humana, que eles conheciam tão bem. Ele então disse a ela que fosse até o console que controlava um dos geradores da nave, e a energia dela recarregou-o o suficiente para que Dylan disparasse um míssil de ogiva múltipla. E isso foi o fim de Darrega e sua gangue.
Trance parecia ainda vagamente alheia aos outros, não os reconhecendo, mas ao mesmo tempo simpatizando com eles.
A IA apareceu na tela principal, informando que a energia de Trance ainda estava diminuída, desde que os teleportara a todos para aquele sistema durante a batalha pelo Arkology. Então, cada um deles percebeu que havia chegado àquele sistema com diferença de tempo uns dos outros ... e que deveriam estar todos ali, em algum lugar.
Agora parcialmente reunidos, eles traçaram seus planos para localizar Harper e Rommie.


Última edição por Myriam Castro em Qua Dez 15, 2010 7:58 pm, editado 1 vez(es)

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ANDROMEDA, A SAGA - V-02 - The Weight p.2

Mensagem  Myriam Castro em Sex Mar 05, 2010 10:07 pm

Nesse episódio, vemos que Dylan já estava começando a reunir novamente sua equipe ... ele os estava localizando um a um.
Muito interessante a cena em que ele discutia com Beka - que o recriminava por tê-la "abandonado" - e Rhade acabou chamando-os à ordem, em tom enérgico, como para fazer ambos voltarem à razão ... e também a lealdade instintiva de Beka a Dylan, fingindo não reconhecê-lo na presença dos piratas, e seguindo sem pestanejar a orientação dele em abrir o módulo onde Trance estava presa.
A mim me pareceu que a travessia da Rota das Eras - lembremo-nos que Trance e Andromeda atravessaram juntas, e Dylan separado de ambas, sozinho num Slipfighter - consumiu toda a reserva de energia das duas, de maneira que a nave estava completamente inoperante e Trance bastante enfraquecida, sem aquele magnífico esplendor que todos sabemos que ela possuía.

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ANDROMEDA, A SAGA - V-02 - The Weight p.2

Mensagem  mara em Sab Mar 06, 2010 11:38 am

Myriam, você falou tudo! Dylan dirigiu uma nave meio às escuras ao lado de Rhade, que havia mudado... seu lado de sobrevivente agora passara a falar mais alto e a nobreza interna ficara oculta.
A Rota das Eras mudara a todos, porque os enganara sobre o tempo.
Todos se sentiam abandonados por Dylan e Andromeda e ainda assim, a missão fala mais alto a todos.
Um belo episódio!
Obrigada, querida!

_________________
No one should never give up, ever! Do what makes you happy, what you are passionate about!

mara

Número de Mensagens : 18928
Location : São Paulo, Brasil
Data de inscrição : 02/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ANDROMEDA, A SAGA - V-02 - The Weight p.2

Mensagem  Myriam Castro em Sex Mar 12, 2010 3:47 pm

Sim, o tempo agiu de maneira diferente com cada um deles ... tanto, que cada um chegou a Seefra numa época - Rhade, por exemplo, dissera que estava lá há dois anos.
Mas, a época certa, nenhum deles sabia de verdade. Talvez mesmo, tivessem se passado outras centenas de anos, tal como acontecera com Dylan quando caíra na singularidade e ficara "congelado".
A Rota das Eras nunca revelou completamente seu segredo ...

_________________
"Não é assim que as pessoas que se amam fazem ?"(Dylan Hunt)

Myriam Castro

Número de Mensagens : 4767
Idade : 56
Location : Minas Gerais - Brasil
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ANDROMEDA, A SAGA - V-02 - The Weight p.2

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 11:23 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum